#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Fator casa

Paulistano CAP 89
x
85 Basq. Cearense CEA
25
1ºQ
X
26
22
2ºQ
X
16
26
3ºQ
X
24
16
4ºQ
X
19

Gin. Antonio Prado Jr

23 de abril de 2013

Em série dos mandantes, Paulistano supera Basquete Cearense, em São Paulo, e força realização do quinto jogo

DOCUMENTOS:
Súmula Borderô
89
X
85
89
PTS
85
10
A3C
9
22
A2C
18
15
LLC
22
31
RT
28
13
ASS
11

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

O mando de quadra segue como fator fundamental na série de oitavas de final do NBB 2012/2013 entre Paulistano/Unimed e SKY/Basquete Cearense. Na noite desta terça-feira, o time paulista aproveitou o fato de jogar em seus domínios e manteve o 100% de aproveitamento dos mandantes no confronto, ao vencer o time nordestino, pelo placar de 89 a 85.

Agora, com o duelo empatado em dois a dois, a decisão da vaga para as quartas de final da maior competição de basquete do país ficará para a próxima sexta-feira, às 19 horas (de Brasília), no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE), com transmissão ao vivo para todo o Brasil através do canal SporTV.

Para sair vitorioso no duelo disputado no Ginásio Antonio Prado Junior, na capital paulista, o esquadrão comandado por Gustavo De Conti contou com boas exibições do armador Elinho, autor de 17 pontos e sete rebotes, e do pivô Toyloy, que mostrou um ótimo aproveitamento e marcou 16 pontos. Os alas Pedro e Alex, que anotaram 15 e 14 pontos, também foram fundamentais para o triunfo dos donos da casa.

“Agora é decisão total. Nós já imaginávamos que a série seria dura e já tínhamos a expectativa de que a decisão seria no quinto jogo. Não jogamos bem nos jogos lá no Ceará, mas vamos lá com o intuito de sair com a vitória para assegurar essa vaga nas quartas de final”, disse Elinho, impecável nas bolas de três pontos no duelo desta terça-feira, com quatro acertos em quatro tentativas.

[galeria id=”37345″]

Apesar da derrota, o cestinha do confronto foi o ala André Goés, que deixou a quadra com 26 pontos. Outro atleta com um bom desempenho pelo time cearense foi o também ala Jimmy, que anotou 20 tentos.

Graças a uma forte defesa, o time da casa começou melhor a partida. Sem deixar com que os cearenses tivessem facilidade para atacar e com um bom desempenho do ala Alex, autor de seis pontos nos minutos iniciais do confronto, o Paulistano largou na frente e abriu 12 a 6 de vantagem. Porém, após um pedido de tempo do técnico Alberto Bial, o esquadrão visitante mudou completamente sua postura e conseguiu virar o placar.

Com bolas certeiras nas mãos de André e Jimmy, os nordestinos chegaram a abrir 23 a 17, mas Elinho tratou de recolocar a equipe paulista na partida. O armador converteu duas bolas de três pontos, sendo a última em uma linda jogada no estouro do cronômetro, e cortou a diferença para apenas um ponto ao final do primeiro quarto: 26 a 25.

Os bons lances do camisa 5 trouxeram ânimo para o time comandado por Gustavo De Conti no início da segunda parcial. Com muita autoridade, a equipe engatou uma sequência de 11 a 0  e colocou dez pontos de frente (36 a 26). Mas, os nordestinos não se abalaram e rapidamente cortaram a diferença no placar, graças a boas jogadas do ala Jimmy. Depois de um final de período muito movimentado, as equipes foram para os vestiários com os anfitriões ainda na frente, porém por apenas cinco pontos: 47 a 42.

O começo do terceiro quarto foi praticamente um duelo de um contra um entre Elinho e André Goés. Com ótimas jogadas, os atletas comandaram as ações ofensivas de suas equipes e protagonizaram belos lances. Aproveitando alguns descuidos do time cearense, o Paulistano conseguiu encaixar bons contra-ataques e aproveitou para ampliar sua vantagem no placar para a casa dos dois dígitos.

Mesmo atrás no placar, o time comandado por Bial seguiu atuando com tranquilidade e chegou a baixar o prejuízo para quatro pontos. Porém, os paulistas novamente tiraram uma “carta da manga” e Pedro converteu um arremesso de três no último lance da parcial e cravou o placar em 73 a 66 a favor dos donos da casa.

Nem uma “cesta espírita” do norte-americano Toyloy foi capaz de segurar a vantagem do Paulistano. Sempre nas mãos de André e Jimmy, o Basquete Cearense encaixou uma boa sequência de cestas e cortou a diferença no placar para apenas dois pontos (75 a 73), com pouco menos de oito minutos para o fim do duelo. A partir deste momento, a partida virou uma batalha de nervos, mas o time paulista teve mais tranquilidade, conseguiu triunfar e levar a série para sua quinta e decisiva partida.

“Buscamos a oitava posição justamente para jogar o quinto jogo das oitavas em casa. Hoje (terça-feira), o time deles soube jogar melhor que o nosso. Agora a nossa chance é em casa, onde não perdemos para eles ainda, e espero que com o apoio da nossa torcida, a gente consiga a classificação”, disse o ala cearense André Goés.

Confira os resultados e os jogos da série:

(8º) SKY/Basquete Cearense 2 x 2 Paulistano/Unimed (9º)
16/04 – Paulistano/Unimed 95 x 74 SKY/Basquete Cearense
19/04 – SKY/Basquete Cearense 79 x 66 Paulistano/Unimed
20/04 – SKY/Basquete Cearense 87 x 71 Paulistano/Unimed
23/04 –  Paulistano/Unimed 89 x 85 SKY/Basquete Cearense
26/04 – Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE), às 19 horas (com transmissão ao vivo do SporTV)


Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#5 Elinho 1 34.4 17/28 (61) 6+1 7 2 4/4 (100) 2/7 (29) 1/2 (50) 1 0 4.00 8.00 4 20 17
#42 Toyloy 1 19.7 16/20 (80) 3+3 6 0 0/0 (0) 6/7 (86) 4/6 (67) 0 0 4.00 5.00 2 6 17
#12 Pedro 1 24.1 15/23 (65) 1+0 1 2 3/5 (60) 1/2 (50) 4/4 (100) 0 0 5.00 4.00 1 6 14
#10 Alex 1 34.8 14/28 (50) 2+0 2 3 1/3 (33) 5/7 (71) 1/5 (20) 1 0 2.00 6.00 3 7 9
#33 Eddy 1 23.4 12/25 (48) 2+1 3 1 1/4 (25) 4/6 (67) 1/1 (100) 1 0 2.00 1.00 1 3 11
#5 André 1 28.4 8/27 (30) 1+2 3 2 1/5 (20) 2/5 (40) 1/2 (50) 1 0 3.00 2.00 1 -2 5
#15 Renato 1 14.7 5/7 (71) 0+3 3 1 0/0 (0) 1/1 (100) 3/5 (60) 0 0 5.00 4.00 2 -9 5
#7 Wagner 1 9.0 2/2 (100) 0+0 0 0 0/0 (0) 1/1 (100) 0/0 (0) 1 0 2.00 0.00 2 -8 1
#14 Andreotti 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#23 Muñoz 1 11.1 0/3 (0) 1+0 1 2 0/1 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 2.00 0.00 1 -4 1
#15 Pastor 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#6 Gemerson 1 0.4 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 0.00 0 1 0
Equipe 1 0.0 89/163 (55) 21+10 31 13 10/22 (45) 22/36 (61) 15/25 (60) 8 0 31.00 30.00 17 0 88
Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#40 André 1 36.7 26/44 (59) 1+1 2 4 1/3 (33) 8/13 (62) 7/9 (78) 1 0 5.00 10.00 2 1 22
#18 Jimmy 1 37.2 20/27 (74) 3+2 5 1 4/5 (80) 3/5 (60) 2/2 (100) 1 0 3.00 1.00 3 -6 21
#13 Schneider 1 25.1 19/34 (56) 2+0 2 0 4/7 (57) 3/5 (60) 1/3 (33) 1 0 3.00 4.00 2 5 13
#19 Drudi 1 30.5 8/16 (50) 5+2 7 1 0/0 (0) 3/7 (43) 2/2 (100) 0 0 4.00 4.00 3 18 9
#22 Dragovic 1 7.1 4/6 (67) 0+1 1 0 0/0 (0) 1/2 (50) 2/2 (100) 0 0 2.00 2.00 2 -10 2
#33 Felipe 1 38.2 3/12 (25) 4+1 5 4 0/2 (0) 0/1 (0) 3/4 (75) 0 1 4.00 4.00 2 -3 7
#5 Davi 1 8.6 3/11 (27) 1+0 1 0 0/1 (0) 0/2 (0) 3/4 (75) 0 0 4.00 2.00 1 -10 -1
#6 Matheus 1 12.6 2/8 (25) 0+0 0 1 0/2 (0) 0/0 (0) 2/2 (100) 2 0 2.00 3.00 0 -8 3
#17 Mariano 1 3.3 0/0 (0) 1+1 2 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 1 -4 1
#23 Rômulo 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#16 Adriano 1 0.7 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 2.00 0.00 0 -3 0
#3 Victor 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 85/158 (54) 20+8 28 11 9/20 (45) 18/35 (51) 22/28 (79) 5 1 29.00 30.00 16 0 80