O Paschoalotto/Bauru está em vantagem na série de quartas de final do NBB 2012/2013 diante do Vivo/Franca. Na noite desta sexta-feira, a equipe comandada pelo técnico Guerrinha novamente aproveitou o fato de jogar no Ginásio Panela de Pressão completamente lotado e venceu o time francano, pelo placar de 87 a 78, para colocar dois a um de frente no confronto.

Além da festa pelo importante resultado positivo, a torcida bauruense teve outro motivo para comemorar. A vitória nesta sexta-feira foi a centésima  de Guerrinha na história do NBB, e o comandante do time do Estado de São Paulo se tornou apenas o segundo treinador a atingir tal feito na maior competição de basquete do país – o outro é Hélio Rubens, do Unitri/Universo.

“Fico muito feliz de ter conquistado isso aqui em Bauru. Essa cidade maravilhosa que me recebeu como um filho. É uma troca tão grande e só tenho a agradecer todos os atletas, patrocinadores e torcedores que passaram por aqui”, festejou Guerrinha.

Para sair com o triunfo, Bauru contou com um retorno em grande estilo de Jeff Agba. Depois de ser suspenso preventivamente por 30 dias pelo STJD por conta do lance com o rival Jhonatan, na abertura da série, o pivô norte-americano recebeu um efeito suspensivo horas antes da partida e foi um dos destaques da equipe, ao registrar um duplo-duplo: 18 pontos e 12 rebotes.

“Quando entrei no vestiário e vi meu uniforme pronto para o jogo, fiquei muito feliz. Queria muito jogar e pude ter uma bela atuação. Foi uma noite inesquecível para mim”, comentou Agba.

Além do camisa 42, outros dois atletas foram fundamentais para a vitória do Bauru. O armador Larry Taylor foi o cestinha da partida, com 20 pontos, além de distribuir seis assistências e apanhar cinco rebotes, enquanto que o ala/pivô DeAndre Coleman anotou os mesmos números de Jeff (18 pontos e 12 rebotes) e também deixou a quadra com dois dígitos em dois fundamentos. Pelo lado do Franca, os maiores pontuadores foram os jovens alas Cauê Borges e Léo Meindl, com 19 e 17 tentos, respectivamente.

A partida começou com todos os ingredientes de um jogo decisivo. Muita disposição e eficiência dos dois lados marcaram o início do duelo. Pela equipe bauruense, os destaque ficaram por conta de Gui Deodato, autor de duas bolas de três pontos na parcial inicial, e do pivô Jeff Agba, que acertou sete dos oito pontos que tentou. Enquanto isso, pelo time francano, Cauê Borges foi o principal destaque no primeiro período, com uma atuação sólida tanto no ataque quanto na defesa. Depois de muito equilíbrio nos dez minutos iniciais de partida, os visitantes fecharam o quarto na frente, por apenas dois pontos: 19 a 17.

Em pouco mais de dois minutos jogados no segundo período, os donos da casa incendiaram o Ginásio Panela de Pressão. Com destaque para Pilar, a equipe comandada pelo técnico Guerrinha emplacou uma sequência de 9 a 3 e assumiu a ponta do placar (26 a 22). Apesar do Bauru seguir pontuando, os francanos voltaram a atuar em um bom nível, graças aos bons desempenhos de Léo e Lucas Mariano, e não permitiram que os anfitriões ampliassem muito mais a diferença. Sendo assim, as equipes foram para os vestiários com os bauruenses em vantagem: 42 a 36.

Os times mostraram muita qualidade na volta do intervalo. Os visitantes, liderados por bons lances de Cauê, tentaram de todo o custo diminuir o prejuízo no placar, mas o esquadrão mandante fez jogo duro e não deixou a diferença baixar, muito por conta do ótimo desempenho de Jeff Agba. Nos minutos finais do terceiro quarto, os francanos conseguiram baixar a desvantagem para apenas três pontos (62 a 59) e a partida chegou para seu último e decisivo período com as duas equipes com reais chances de sair com a vitória.

Sem se intimidar com a reação dos rivais e com a proximidade para o fim do jogo, Bauru voltou a colocar boa vantagem no placar. Os norte-americanos Jeff e Coleman seguiram atuando com soberania no garrafão e foram fundamentais para que os donos da casa colocassem dez pontos de frente (74 a 64), com pouco menos de cinco minutos para o término do duelo. Os francanos bem que tentaram reagir, mas os anfitriões não amoleceram e tiveram muita tranquilidade para confirmar a importante vitória na busca por uma vaga entre os quatro melhores do NBB.

Agora, em vantagem por dois a um, os bauruenses precisam de apenas mais um triunfo no confronto para garantir sua inédita classificação às semifinais do NBB. O quarto jogo da série entre os esquadrões do interior paulista será disputado na próxima segunda-feira, às 19 horas (de Brasília), no Ginásio “Pedrocão”, em Franca (SP), com transmissão ao vivo do SporTV.

“São duas cidades que vivenciam o basquete e por isso o jogo fica uma verdadeira guerra. Fizemos nossa parte de vencer em casa e agora precisamos descansar, estudar o quarto jogo e buscar fechar a série”, afirmou o comandante bauruense, Guerrinha.

Confira o calendário completo da série:

Paschoalotto/Bauru (4º) 2 x 1 Vivo/Franca (5º)
28/04 – Franca 72 x 69 Bauru
01/05 – Bauru 86 x 79 Franca
03/05 – Bauru 87 x 78 Franca
06/05 – Ginásio “Pedrocão”, em Franca (SP), às 19 horas (transmissão ao vivo do SporTV)
09/05* – Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), às 20 horas

*Se necessário