A Liga Nacional de Basquete (LNB) realizou o evento de lançamento oficial da temporada 2012/2013 do NBB, no Memorial JK, em Brasília (DF), nesta sexta-feira (09/11). Dirigentes da LNB, diretores, técnicos e jogadores dos times participantes estiveram presentes na cerimônia, que marca o início da contagem regressiva para o início da quinta edição da principal competição do basquete brasileiro.

O NBB 2012/2013 começará no fim de semana dos dias 23 e 24 de novembro, com recorde de participantes, 18: Paschoalotto/Bauru, Uniceub/BRB/Brasília, Flamengo, Vivo/Franca, Cia. Do Terno/Romaço/Joinville, LSB – Liga Sorocabana de Basquete, Winner/Kabum/Limeira, Icatu/Minas, Paulistano/Unimed, Pinheiros/SKY, São José/Unimed, Tijuca/Rio de Janeiro, Unitri/Universo, Vila Velha/Garoto/UVV, e as quatro equipes estreantes SKY/Basquete Cearense, Helbor/Mogi das Cruzes, Palmeiras e Suzano/Cesumar/Campestre.

A cerimônia de apresentação do NBB 2012/2013 teve a apresentação do jornalista Luís Ernesto Lacombe, da TV Globo, e contou com a participação de Kouros Monadjemi, presidente da LNB; Ricardo Avelar, representante do Ministério do Esporte; Carlos Nunes, presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB); Rodrigo Costa, diretor de marketing da Uniceub; e os jogadores Guilherme Giovannoni, do Uniceub/BRB/Brasília, e Murilo Becker, do São José/Unimed – MVP da temporada passada da competição nacional.

Em seu discurso, o presidente do LNB falou que estava emocionado em ver o registro e o começo de mais um capítulo da história do NBB. “Temos muito o que comemorar além do lançamento do NBB 5. Conseguimos conquistas inegáveis nesses últimos quatro anos e meio. Hoje, estamos organizados, melhorando tecnicamente a cada ano. Esperamos o nosso apogeu nas próximas Olimpíadas, com o adendo de novos ídolos nesses próximos quatro anos”, disse.

O avanço ano a ano do NBB também foi comentado pelo presidente da CBB. “Parabenizo o NBB pela quinta edição da competição, pela competência e pelo profissionalismo que faz um campeonato ser melhor do que os outros ao passar dos anos”, declarou Nunes.

Já Guilherme Giovannoni e Murilo deram opiniões sobre o aumento de participantes do NBB, que terá mais partidas e muito mais competitividade na nova temporada. “Fica equilibrado e mais puxado, um calendário bem ativo, mas isso traz uma boa visibilidade para o campeonato”, afirmou o ala/pivô do Brasília. “O campeonato está bem equilibrado, mas acredito que vão ter boas surpresas, assim como fez o São José na temporada passada, em que não era favorito e foi para a final”, comentou o pivô do time do São José.

Murilo também falou que Brasília, atual tricampeão do NBB, é o favorito para o título de mais uma edição, e pelo fato de o lançamento ter acontecido na capital federal, esse assunto foi bastante comentado e virou motivo de brincadeira durante o evento, de que a cidade virou a capital do basquete.

Perguntado sobre a gana de todos os outros times de evitarem mais uma conquista candanga, Guilherme Giovannoni explicou que a equipe brasiliense está preparada para os obstáculos que o maior campeão do NBB deve encontrar. “É um pouco, sim [todos contra o Brasília], mas se a gente estivesse do outro lado, a gente também estaria assim, iria querer bater o campeão. Isso é normal. Mas o importante é que a equipe continua ambiciosa por mais conquistas”, concluiu.

Novidade no NBB 5

Além do lançamento, a Liga Nacional de Basquete convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para definir oficialmente o sistema de ascenso e descenso para esta edição do NBB e a criação da segunda divisão a partir da temporada 2013/2014.

Ficou definido que os dois últimos colocados do NBB 5 enfrentarão os dois primeiros colocados da Super Copa Brasil – torneio organizado pela Confederação Brasileira de Basketball. As equipes jogarão um quadrangular e os dois times com melhor campanha na disputa garantirão vaga para a elite da temporada 2013/2014.

“Isso vai criar oportunidades para novos clubes em competições nacionais, além de fortalecer a Copa Brasil. Será fundamental para a massificação da modalidade e sua consolidação em todas as regiões do nosso Brasil”, declarou o presidente da LNB, Kouros Monadjemi.