#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Noite de festa

06-06-2012 | 12:02
Por Liga Nacional de Basquete

Liga Nacional de Basquete premia, em cerimônia em São Paulo, os melhores da temporada 2011/2012 do NBB

O basquete brasileiro esteve em festa na noite desta terça-feira. Em cerimônia realizada no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, a Liga Nacional de Basquete (LNB) premiou os melhores da temporada 2011/2012 do NBB. O NBB é um campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.

Brasília, campeão do NBB

(João Pires/LNB)

No discurso inicial, o presidente da Liga Nacional de Basquete, Kouros Monadjemi, agradeceu aos clubes, dirigentes, técnicos e atletas por mais uma temporada de sucesso.

“Apesar do campeonato estar num altíssimo nível, precisamos continuar buscando a evolução o tempo inteiro, para que nos próximos anos, nossos clubes passem a dominar em nível internacional. Vamos desenvolver mais ainda a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), visando o NBB 2012/2013”, afirmou o dirigente.

Tricampeão do NBB, o Uniceub/BRB/Brasília, além do troféu dourado de campeão, recebeu mais três prêmios. O ala/pivô Guilherme Giovannoni e o ala/armador Alex integraram a Seleção do Campeonato. Alex ainda recebeu o troféu de Melhor Defensor, pela quarta vez consecutiva.

“Nós somos uma equipe muito entrosada e isso facilita a nossa convivência e o nosso modo de jogar. Estamos em um momento ótimo, tudo está dando certo. Na próxima temporada, vamos entrar com o mesmo pensamento, de conquistar o título brasileiro e também títulos internacionais”, declarou Giovannoni.

Confira todos os prêmios da temporada 2011/2012 do NBB:

Seleção do NBB

Armador – Fúlvio (São José)

Alas – Alex (Brasília) e Marquinhos (Pinheiros)

Pivôs – Guilherme Giovannoni (Brasília) e Murilo (São José)

Melhor Sexto Homem – Paulinho Boracini (Pinheiros)

Revelação – Gui (Bauru)

Jogador que Mais Evoluiu – Gui (Bauru)

Melhor Defensor – Alex (Brasília)

“Trofeu Ary Vidal” Técnico do Ano – Régis Marrelli (São José)

Melhor Jogador (MVP) – Murilo (São José)

Equipe com Melhor Ataque – Flamengo

Equipe com Melhor Defesa – Pinheiros

Equipe Fair Play – Uberlândia

Cestinha – Murilo (São José)

Líder em Rebotes – Murilo (São José)

Líder em Assistências – Fúlvio (São José)

Árbitro Revelação – Diego Chiconato

Trio de Arbitragem – Carlos Renato dos Santos, Sérgio Pacheco e Fernando Serpa

Árbitro Destaque – Cristiano Maranho