O fato de enfrentar o atual campeão da Liga das Américas, e ainda fora de casa, pouco incomodou o Unitri/Universo, que impôs seu ritmo de jogo e deslanchou na partida a partir do segundo quarto. Com a imponente vitória por 86 a 67, longe de seus domínios, o time do Triângulo Mineiro largou na frente e abriu 1 a 0 na série quartas de final do NBB5. Agora, os mineiros podem ampliar a vantagem na série já na próxima quarta-feira (02/05), diante de sua torcida, no Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), às 20h00.

O cestinha da partida foi o pivô Cipolini, do Uberlândia, autor de 24 pontos e cinco rebotes. Em noite inspirada, Robby Collum anotou um duplo-duplo ao totalizar 21 pontos e 11 rebotes, além de distribuir seis assistências. Pelo lado dos donos da casa, o destaque ficou por conta de Márcio Dornelles, responsável por 14 pontos (todos no primeiro tempo). Logo atrás vem Paulinho Boracini, com 12, e Shamell, com 10.

“O resultado final não importa muito, o que importou foi a vitória fora de casa. Agora temos dois jogos em casa, agora é tentar fazer o máximo de esforço, com o apoio da torcida para tentar fechar esta série. Na mesma sintonia que entramos hoje no segundo quarto, com essa boa defesa que tivemos hoje, vamos conseguir as vitórias”, comentou o ala/pivô Gruber, do Uberlândia, que fez 13 pontos no duelo.

Com uma forte marcação logo no início da partida, o Pinheiros abriu 6 a 0 de cara. Mas nada que abalasse a experiente equipe de Minas Gerais, que rapidamente tratou de virar o jogo (10 a 8). Este ritmo intenso prosseguiu até o final da primeira etapa, em que o equilíbrio foi total. O público presente no Ginásio Henrique Villaboim assistiu a um bom duelo entre os norte-americanos Joe Smith e Robby Collum, que anotaram oito pontos cada. Melhor para o pinheirense, que ajudou seu time a ficar em vantagem na etapa inicial por 27 a 24.

Não satisfeitos com a inferioridade no placar, o Uberlândia se aproveitou da imprecisão do Pinheiros nas bolas fáceis e foi para cima dos donos da casa. Os comandados de Hélio Rubens fizeram 7 a 0 logo no começo, o que lhes deu a liderança da partida (31 a 27). O duelo individuel da segunda parcial do duelo ficou por conta de Gruber contra Márcio Dornelles, responsáveis pelas principal investidas de suas equipes. Desta vez, bem melhor para os mineiros, levaram a melhor na segunda etapa por largos 24 a 8 e abriram 14 pontos de frente ao final da primeira metade da partida (48 a 34).

Sem diminuir o ritmo, o Uberlândia aumentou para 20 pontos (57 a 37) a vantagem que era de 14 pontos no intervalo. Vindo do banco, Audrei colaborou tanto no ataque, quanto na defesa, fazendo uma excelente marcação no principal jogador do Pinheiros, Shamell. Desta forma, a diferença aumentou para 25 com dois minutos restantes para o final da terceira etapa (67 a 42). A vantagem manteve o mesmo padrão, e as equipes foram para a etapa final com 69 a 45 no placar.

Os mineiros foram administrando a grande diferença imposta na etapa anterior, que chegou a ser de 25 pontos. O Pinheiros até esboçou uma reação, reduzindo a diferença para 15 pontos com quatro minutos para o fim da partida (71 a 56). Porém, Robby Collum e Cia. trataram de jogar um balde de água fria nas pretensões pinheirenses no duelo e confirmar o bom triunfo fora de casa, por 86 a 67.

“Uberlândia fez um grande jogo. Nós não conseguimos marcar, não conseguimos atacar direito, mas também não podemos tirar o mérito deles, que vieram com um própósito e se saíram muito bem”, analisou o técnico do Pinheiros, Cláudio Mortari.

Confira todos os jogos da série:

Unitri/Universo (3º) x Pinheiros/SKY (6º)
29/04 -Pinheiros 67 x 86 Uberlândia
02/05 – Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), às 20 horas
04/05 – Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), às 19h30 (transmissão ao vivo do SporTV)
07/05* – Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo (SP), às 19 horas (transmissão ao vivo do SporTV)
09/05* – Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), às 20 horas

*Se necessário