#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Reservade ouro

21-06-2017 | 01:11
Por Liga Nacional de Basquete

Fundamental na campanha do vice-campeão Paulistano, Arthur Pecos recebe prêmio de Melhor Sexto Homem do NBB CAIXA 16/17

Pecos foi um dos principais destaques da grande temporada do Paulistano (João Pires/LNB)

Um líder como poucos dentro das quadras do NBB CAIXA, Arthur Pecos é um sexto homem de primeira. Fundamental na campanha do vice-campeão Paulistano/Corpore, o armador de 22 anos teve seu desempenho notável na edição reconhecido e recebeu o prêmio de Melhor Sexto Homem nesta terça-feira (20/06), em São Paulo.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e o apoio do Ministério do Esporte, Avianca e Spalding.

Explosão, inteligência e marcação incansável são alguns dos atributos que compõem o jogo de Pecos. Em seu quinto NBB CAIXA, quarto com o Paulistano, o camisa 14 foi mais importante do que nunca para o atual vice-campeão da competição. Presente em todas as 46 partidas que o time fez nesta edição, o armador teve médias de 10,0 pontos, 3,5 rebotes, 4,9 assistências, terminando como o segundo jogador mais eficiente da equipe, com 11,7 de valorização.

“Com certeza foi minha melhor temporada. O Gustavo achou uma maneira muito boa de eu ser útil à equipe e foi vindo do banco. Tenho que agradecer muito a ele (Gustavo) e também ao Paulistano. Claro que também não posso esquecer de agradecer aos meus companheiros e a minha família”, exaltou Pecos.

Vindo do banco de reservas na grande maioria dos jogos, Pecos foi praticamente um líder do alvirrubro neste NBB CAIXA. Foram 25,7 minutos de média por partida para ele, terceira maior da equipe da capital paulista, atrás apenas de Lucas Dias e Georginho. Apesar de jovem, foi ele, como capitão do Paulistano, que ergueu a taça de vice-campeão da competição.

Se a temporada não terminou da maneira que Pecos e todo o time alvirrubro almejava, com o título após abrir 2 a 0 nas Finais do NBB CAIXA 16/17 sobre o Gocil/Bauru Basket, o prêmio de Melhor Sexto Homem vem para coroar a brilhante temporada que o armador e todo jovem grupo do Paulistano fizeram.

“Lógico que se a gente tivesse sido campeão seria muito melhor, mas não posso negar que estou muito feliz com essa conquista pessoal. Com certeza não só esse prêmio, mas toda a temporada será um marco na minha carreira. Foi minha segunda final em cinco anos e consegui agarrar a oportunidade que tive”, concluiu Pecos.