Numa partida típica de playoffs, o Vivo/Franca conseguiu empatar a série de quartas de final do NBB ao vencer, nesta segunda-feira, o Paschoalotto/Bauru, em casa, por 70 a 62. Com a vitória, os francanos deixaram o confronto igualado, em 2 a 2, e levaram a decisão para a última partida, que será disputada nesta sexta, às 21h, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

O ala do Franca, Léo Meindl, foi o cestinha do jogo, com 19 pontos, seguido pelos pivôs Romário, 16, e Lucas Mariano, 14 e mais 12 rebotes, um duplo-duplo. Outro que também se destacou pela equipe da casa foi o armador argentino Juan Pablo Figueroa, que deu 14 assistências na partida. Pelo Bauru, o principal pontuador foi o pivô Coleman, com 16 pontos.

“A vantagem que a gente abriu no primeiro quarto foi importante porque eles precisaram correr atrás o jogo inteiro. Isso é um desgaste em dobro”, comentou o ala Léo Meindl. “Conseguimos manter a calma no último quarto e fechamos o jogo com vitória”, completou.

Aos gritos de “Franca… Franca… Franca”, a torcida, que lotou o Ginásio Pedrocão, mostrou que o jogo seria duro para o time visitante. Mais difícil ainda ficou quando os francanos abriram 8 a 0 no placar e aumentaram a vantagem para incríveis 23 a 2 na etapa inicial do jogo. O Bauru acertou apenas um dos 12 arremessos de quadra no primeiro quarto.

Com dois pontos do pivô Jeff Agba, os bauruenses conseguiram fazer a primeira cesta após oito minutos zerados na partida (23 a 4). O time comandado pelo técnico Guerrinha se recuperou e, aos poucos, foi diminuindo a diferença no marcador. Com menos de cinco minutos disputados no período, o placar já marcava 26 a 13. Com bom desempenho do pivô Romário, autor de 14 pontos no primeiro tempo, os donos da casa não deixaram que o adversário continuasse crescendo no jogo, que foi para o intervalo com vitória francana por 38 a 25.

A experiência do elenco bauruense fez a diferença no segundo tempo da partida. Com muita paciência e com um ótimo desempenho do ala/pivô Pilar, o time visitante foi encostando no placar. Após uma sequência de duas bolas de 3 pontos de Pilar, a vantagem caiu para três pontos (44 a 41) e, mais para frente, Pilar empatou com um arremesso dentro do garrafão (49 a 49). Toda a vantagem construída no primeiro quarto foi tirada.

No último quarto, o Bauru assumiu a liderança do confronto, após uma cesta de Larry Taylor no contra-ataque (53 a 52). A reação do adversário não abalou a molecada do Franca, que, com muita personalidade, não só recuperou a frente do placar como também voltou a abrir boa vantagem (64 a 56), com menos de cinco minutos para o término da partida.

A pressão do time de Bauru se manteve até o último segundo do jogo, mas a jovem equipe francana não sentiu a pressão. O alas Léo Meindl e Cauê Borges e o pivô Lucas Mariano chamaram a responsabilidade e foram peças fundamentais para a vitória.

“Franca jogou melhor hoje. A série está equilibrada. Agora sim, nós temos a vantagem de jogar o último jogo em casa. Temos que descansar e preparar para vencer em casa, com o apoio da nossa torcida”, comentou o técnico do Bauru, Guerrinha.

Confira o calendário completo da série:

Paschoalotto/Bauru (4º) 2 x 2 Vivo/Franca (5º)
28/04 – Franca 72 x 69 Bauru
01/05 – Bauru 86 x 79 Franca
03/05 – Bauru 87 x 78 Franca
06/05 – Franca 70 x 62 Bauru
10/05 – Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), às 21 horas (com transmissão do SporTV)