#JOGAJUNTO

Jogo das Estrelas / NBB CAIXA

Time de respeito

10-02-2015 | 08:47
Por Liga Nacional de Basquete

Atletas da Seleção e jovens promessas do basquete brasileiro: conheça os 12 jogadores escolhidos para defender o NBB Brasil no Jogo das Estrelas 2015

Com três estreias, NBB Brasil contará com uma mescla de juventude e experiência (Arte/LNB)

Com três estreias, NBB Brasil contará com uma mescla de juventude e experiência (Arte/LNB)

Uma mistura entre nomes consagrados e jovens promessas do basquete nacional. Assim está escalado o NBB Brasil para a edição de 2015 do Jogo das Estrelas do NBB, que acontecerá no dia 07 de março (sábado), no Ginásio do Pedrocão, em Franca, no interior do Estado de São Paulo.

Assim como nos anos anteriores, a escolha da equipe brasileira e também do time de estrangeiros (NBB Mundo) se deu a partir de uma votação com técnicos, assistentes e capitães de todas as 16 equipes que disputam a atual temporada do NBB , além da imprensa especializada e de personalidades do basquete brasileiro.

Depois de todos os 24 atletas e os técnicos serem escolhidos em votação restrita será a vez do público decidir quem serão os titulares do Jogo das Estrelas 2015. Com início nesta terça-feira (10/02) e término no dia 27/02 (sexta-feira), às 17 horas (de Brasília) será realizada uma eleição popular no site da LNB para serem definidos os quintetos iniciais de NBB Brasil e NBB Mundo.

+Quer saber tudo sobre o evento? Clique aqui e acesse o Hotsite do Jogo das Estrelas 2015 

 

Para a edição de 2015, o esquadrão verde-amarelo terá uma boa mescla entre atletas mais experiente e alguns garotos. Atualmente dono da liderança da tabela de classificação, o Paschoalotto/Bauru teve quatro jogadores eleitos. Outra equipe com mais de um escolhido foi o anfitrião Franca Basquete, que terá dois representantes na festa. Com um selecionado estão Winner/Limeira, Flamengo, Minas Tênis Clube, São José/Unimed, Palmeiras/Meltex e UniCEUB/BRB/Brasília.

MVP do Jogo das Estrelas pela segunda vez seguida, Alex Garcia completa 200 jogos no NBB (Jarbas Oliveira/LNB)

B-MVP do Jogo das Estrelas, Alex nunca ficou de fora da festa em toda a história (Jarbas Oliveira/LNB)

MVP das duas últimas edições do Jogo das Estrelas, o ala Alex Garcia foi o mais votado e se tornará o único atleta brasileiro a participar de todas as edições do jogo festivo. Um dos principais destaques da expressiva campanha bauruense na atual temporada, o “Brabo” coleciona os melhores números de sua carreira no NBB em assistências (4,5 por jogo), rebotes (6,1 por jogo) e também no aproveitamento nas bolas de três pontos (37,8%).

Quem também representará Bauru no NBB Brasil será o pivô Rafael Hettsheimeir. Depois de mais de oito anos na Europa, o jogador está em sua primeira temporada no NBB e é o sétimo cestinha da competição, com média de 16,9 pontos por jogo, com direito a bons aproveitamentos de 38,5% nos tiros de 3 pontos, 64,1% nas bolas de 2 pontos e 79,% nos lances.

+ Base mantida: NBB Mundo terá sete remanescentes em relação ao último ano

Os outros dois atletas bauruenses eleitos para o time brasileiro são Jefferson William e Ricardo Fischer. Atleta que mais acerta arremessos de três pontos por partida do NBB 7 (3,2 por jogo), o ala/pivô irá para sua terceira participação no duelo festivo. Por sua vez, o armador, de 23 anos, que debutou no Jogo das Estrelas em 2014 foi o mais votado na sua posição e fará sua segunda aparição na partida entre NBB Brasil e NBB Mundo. Fischer é o dono da sexta melhor média de assistências da temporada, com 5,1 passes decisivos por jogo.

Anfitrião do Jogo das Estrelas pela terceira vez, Franca terá sua dupla de joias na partida. Cestinha da equipe paulista e nono maior pontuador de toda a competição (16,2 pontos por jogo), Léo Meindl, de apenas 21 anos, voltará ao jogo festivo nesta temporada após fazer sua primeira participação em 2014 e terá a companhia de Lucas Mariano. Também aos 21 anos, o ala/pivô registra médias de 13,0 pontos e 6,0 rebotes por jogo e vive a melhor temporada de sua carreira.

Léo Meindl, do Franca

Presente na última edição, francano Léo Meindl estará novamente no Jogo das Estrelas (Newton Nogueira/Divulgação)

Depois de ficar de fora da edição de 2014, já que praticamente não atuou durante o primeiro turno por conta de uma lesão, Marquinhos está de volta ao Jogo das Estrelas. Esta será a quarta participação do ala rubro-negro na partida. Quem também está de volta ao NBB Brasil é Caio Torres. Com duas aparições em seu currículo (2012 e 2013), o pivô do São José/Unimed lidera o NBB 7 em rebotes (8,9 por jogo) e foi um dos eleitos para o garrafão verde-amarelo.

Outro nome consagrado eleito para o NBB Brasil é Nezinho. De casa nova, o experiente jogador é dono da quinta melhor média de assistências do NBB 7 (5,2 por jogo) e irá para sua quinta aparição consecutiva no duelo festivo. Enquanto isso, um estreante fechará o trio de armadores da equipe brasileira. Eleito o Destaque Jovem do último NBB, o Henrique Coelho é o segundo principal cestinha do Minas na temporada (13,0 pontos por jogo) e foi escolhido para o Jogo das Estrelas pela primeira vez.

Neto, do Palmeiras, é uma das novidades do NBB Brasil para o Jogo das Estrelas 2015 (Fábio Menotti/Ag.Palmeiras)

Neto, do Palmeiras, é uma das novidades do NBB Brasil para o Jogo das Estrelas 2015 (Fábio Menotti/Ag.Palmeiras)

O NBB Brasil terá um retorno. Trata-se do ala/armador Neto, maior pontuador do Palmeiras no NBB 7, com média de 13,8 pontos por jogo, que volta a participar do Jogo das Estrelas depois de seis anos. Para fechar o esquadrão verde-amarelo terá o jogador com mais enterradas na história da competição: o ala/pivô Cipolini, do Brasília, dono da expressiva marca de 256 “cravadas” ao longo de sua trajetória no maior campeonato de basquete do país.

+ Clique aqui e escolha os titulares de NBB Brasil e NBB Mundo para o Jogo das Estrelas

O comando da equipe verde-amarela no Jogo das Estrelas 2015 será de Demétrius, do Minas Tênis Clube, o mais votado entre os técnicos (72,9% dos votos). Seu auxiliar será Guerrinha, do Bauru, terceiro colocado na lista (60,6%). Segundo colocado na votação, o espanho Paco García, do Mogi, dirigirá o NBB Mundo.

 

Confira o elenco completo do NBB Brasil para o Jogo das Estrelas 2015*:

Armadores
Ricardo Fischer (Paschoalotto/Bauru) – 54,2% dos votos
Nezinho (Winner/Limeira) – 46,2% dos votos
Coelho (Minas Tênis Clube) – 24,0% dos votos

Alas
Alex Garcia (Paschoalotto/Bauru) – 42,6% dos votos
Marquinhos (Flamengo) – 37,3% dos votos
Léo Meindl (Franca Basquete) – 23,8% dos votos
Neto (Palmeiras/Meltex) – 7,6% dos votos

Pivôs
Hettsheimeir (Paschoalotto/Bauru) – 40,4% dos votos
Jefferson (Paschoalotto/Bauru) – 23,5% dos votos
Caio Torres (São José/Unimed) – 14,0% dos votos
Lucas Mariano (Franca Basquete) – 11,0% dos votos
Cipolini (UniCEUB/BRB/Brasília) – 9,4% dos votos

*Porcentagem dos votos já levando em consideração os pesos atribuídos para cada categoria de eleitores

Também receberam votos para o NBB Brasil: Valtinho (São José), Gegê (Flamengo), Larry Taylor (Bauru), Deryk (Limeira), Elinho (Mogi), Davi (Basquete Cearense), Fúlvio (São José), Gustavinho (Mogi), Pedrinho Rava (Macaé), Benite (Flamengo), Marcelinho Machado (Flamengo), Duda Machado (Rio Claro), Guilherme Giovannoni (Brasília), Arthur (Brasília), Márcio Dornelles (Macaé), Betinho (São José), Diego (Palmeiras), Gruber (Uberlândia), Paulinho (Pinheiros), Pilar (Paulistano), Dedé (São José), Olivinha (Flamengo), Gui Deodato (Bauru), Victor Gusmão (Basquete Cearense), Teichmann (Limeira), Lucas Dias (Pinheiros), Marcus Toledo (Pinheiros), Alex Oliveira (Minas), Filipin (Mogi), Jhonatan (Palmeiras), Paulão (Mogi), Murilo (Bauru), Léo Waszkiewicz (Franca), Tischer (Rio Claro), Andrezão (Basquete Cearense), Gerson (Mogi), Atílio (Macaé), Tiagão (Basquete Cearense), Rafael Mineiro (Limeira), Hubner (Liga Sorocabana), Felício (Flamengo), Ronald (Brasília), Moisés (Minas), Renato (Paulistano), Shilton (Minas), Fiorotto (Limeira)

Também receberam votos entre os técnicos: José Neto (Flamengo), Gustavo De Conti (Paulistano), Régis Marrelli (Palmeiras), Alberto Bial (Basquete Cearense), Léo Costa (Macaé), Rinaldo Rodrigues (Liga Sorocabana), Carlos Romano (Uberlândia), Lula Ferreira (Franca), Marcel de Souza (Pinheiros), Zanon (São José) e Marcelo Tamião (Rio Claro)