#JOGAJUNTO

NBB

Bagagem internacional

13-03-2012 | 05:16
Por Liga Nacional de Basquete

Na temporada 2011/2012, oito equipes brasileiras participam de competições internacionais, número recorde desde a criação do NBB

Antes do início da temporada 2010/2011, a Liga Nacional de Basquete (LNB) promoveu uma mudança no regulamento do NBB que visava dar a possibilidade de mais clubes disputarem torneios internacionais. Com a alteração, cada equipe, por ordem de classificação no campeonato nacional, teve a oportunidade de escolher entre a Liga das Américas e a Liga Sul-Americana. Somando os participantes do Torneio Interligas, são oito times brasileiros atuando contra estrangeiros.

Campeão do último NBB, o Uniceub/BRB/Brasília escolheu participar da Liga das Américas e já tinha vaga garantida na Liga Sul-Americana, por ser o atual vencedor da competição.

Marquinhos, do Pinheiros, e Kammerichs, do Flamengo

Pinheiros e Flamengo se enfrentaram na fase final da Liga Sul-Americana (ligateunafoto.com)

O Vivo/Franca, vice-campeão do NBB, também escolheu a Liga das Américas. Pinheiros/SKY, terceiro, decidiu disputar a Liga Sul-Americana e na atual temporada conquistou o direito de disputar o Torneio Interligas. Quarto colocado, o Flamengo também disputou a Liga Sul-Americana.

O quinto colocado, Itabom/Bauru, ficou com a última vaga para a Liga das Américas e em 2012 também conquistou um lugar no Torneio Interligas, as primeiras competições internacionais do time bauruense desde a retomada das atividades do basquete na cidade, em 2008.

O Cia. do Terno/Romaço/Joinville, herdou uma vaga na Liga das Américas com a desistência de uma equipe uruguaia, se tornando o quarto brasileiro na competição e o sexto envolvido em torneios com equipes estrangeiras.

Renato, Gustavinho e Thiaguinho, do PaulistanoCompletam a lista de participantes em competições internacionais o Unitri/Universo e o Paulistano/Unimed, que representam o Brasil no Torneio Interligas 2012. Para a equipe da capital paulista, inclusive, o Interligas é a primeira competição internacional da história do clube.

“Participar de uma competição internacional como essa serve como 20 jogos em casa… É um engrandecimento muito bom para os jogadores que podem jogar fora do pais e encarar uma outra escola de basquete”, ressalta o técnico Gustavo De Conti.

Para o Itabom/Bauru, a Liga das Américas 2012 representa muito mais que uma simples competição internacional. A equipe será a anfitriã de um dos grupos da primeira fase, entre os dias 16 e 18 de março. Além disso, o torneio marca a reinauguração do Ginásio Panela de Pressão, que foi reformado e será a nova casa do basquete bauruense.

“A mudança foi uma decisão acertada da Liga, pois abre um leque para mais equipes e jogadores terem essa experiência internacional. É uma oportunidade de todos melhorarem o nível técnico, o que futuramente melhora o nível também do NBB”, comentou o técnico Guerrinha.

Além do Grupo D da Liga das Américas, que será realizado de 16 a 18 de março, o calendário internacional para equipes brasileiras ainda inclui o Torneio Interligas. O primeiro quadrangular da competição será sediado em Uberlândia, de 20 a 22 de março. De 23 a 25 do mesmo mês será a vez do quadrangular argentino, com sede argentina a definir. A final será no dia 27, também em solo argentino.

 

Bagagem internacional

Na temporada 2011/2012, oito equipes brasileiras participam de competições internacionais, número recorde desde a criação do NBB

 

Antes do início da temporada 2010/2011, a Liga Nacional de Basquete (LNB) promoveu uma mudança no regulamento do NBB que visava dar a possibilidade de mais clubes disputarem torneios internacionais. Com a alteração, cada equipe, por ordem de classificação no campeonato nacional, teve a oportunidade de escolher entre a Liga das Américas e a Liga Sul-Americana. Somando os participantes do Torneio Interligas, são oito times brasileiros atuando contra estrangeiros.

Campeão do último NBB, o Uniceub/BRB/Brasília escolheu participar da Liga das Américas e já tinha vaga garantida na Liga Sul-Americana, por ser o atual vencedor da competição.

O Vivo/Franca, vice-campeão do NBB, também escolheu a Liga das Américas. Pinheiros/SKY, terceiro, decidiu disputar a Liga Sul-Americana e na atual temporada conquistou o direito de disputar o Torneio Interligas. Quarto colocado, o Flamengo também disputou a Liga Sul-Americana.

O quinto colocado, Itabom/Bauru, ficou com a última vaga para a Liga das Américas e em 2012 também conquistou um lugar no Torneio Interligas, as primeiras competições internacionais do time bauruense desde a retomada das atividades do basquete na cidade, em 2008.

O Cia. do Terno/Romaço/Joinville, herdou uma vaga na Liga das Américas com a desistência de uma equipe uruguaia, se tornando o quarto brasileiro na competição e o sexto envolvido em torneios com equipes estrangeiras.

Completam a lista de participantes em competições internacionais o Unitri/Universo e o Paulistano/Unimed, que representam o Brasil no Torneio Interligas 2012. Para a equipe da capital paulista, inclusive, o Interligas é a primeira competição internacional da história do clube.

“Participar de uma competição internacional como essa serve como 20 jogos em casa… É um engrandecimento muito bom para os jogadores que podem jogar fora do pais e encarar uma outra escola de basquete”, ressalta o técnico Gustavo De Conti.

Para o Itabom/Bauru, a Liga das Américas 2012 representa muito mais que uma simples competição internacional. A equipe será a anfitriã de um dos grupos da primeira fase, entre os dias 16 e 18 de março. Além disso, o torneio marca a reinauguração do Ginásio Panela de Pressão, que foi reformado e será a nova casa do basquete bauruense.

“A mudança foi uma decisão acertada da Liga, pois abre um leque para mais equipes e jogadores terem essa experiência internacional. É uma oportunidade de todos melhorarem o nível técnico, o que futuramente melhora o nível também do NBB”, comentou o técnico Guerrinha.

Além do Grupo D da Liga das Américas, que será realizado de 16 a 18 de março, o calendário internacional para equipes brasileiras ainda inclui o Torneio Interligas. O primeiro quadrangular da competição será sediado em Uberlândia, de 20 a 22 de março. De 23 a 25 do mesmo mês será a vez do quadrangular argentino, com sede argentina a definir. A final será no dia 27, também em solo argentino.