#JOGAJUNTO

Liga Ouro

Caldeirão

Caxias do Sul CAX 70
x
67 Sport SPO
17
1ºQ
X
16
17
2ºQ
X
24
18
3ºQ
X
11
18
4ºQ
X
16

Gin. Vasco da Gama

3 de Maio de 2015

“Vascão” ferve mais uma vez e Caxias, em boa atuação ao lado de seu torcedor, derrota o Sport novamente, abrindo 2 a 0 na Final da Liga Ouro 2015

DOCUMENTOS:
Súmula Borderô
70
X
67
70
PTS
67
9
A3C
8
14
A2C
15
15
LLC
13
41
RT
28
19
ASS
17

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

Com o Ginásio Vasco da Gama lotado, o Caxias do Sul Basquete (RS) mais uma vez mostrou que em casa tem muita força e novamente venceu o Sport Club do Recife (PE) na manhã deste domingo, abrindo 2 a 0 na Final da Liga Ouro 2015.

No segundo confronto, mais equilíbrio e emoção dentro das quatro linhas. Os dois times estiveram sempre próximos no marcador, mas nos momentos decisivos, o Caxias do Sul mostrou experiência e tranquilidade para sobrepor as dificuldades e vencer por 70 a 67.

No primeiro tempo, o Sport teve seu melhor momento, chegou a jogar com 10 pontos de vantagem, 32 a 22 e fez o ritmo do jogo favorecer o estilo da equipe nordestina. Foi no intervalo que as coisas mudaram e o cenário virou para o time da casa.

Com as arquibancadas vibrando, o Caxias teve nas mãos do ala Guto, cestinha da parida com 21 pontos, poder ofensivo para se recuperar e buscar a diferença no placar. Ditando o ritmo da partida e limitando a velocidade do Sport, os gaúchos, mais uma vez, provaram que no “Vascão” quem comanda a partida é o Caxias, que venceu por 70 a 67, abrindo 2 a 0 na série, ficando a uma vitória do titulo da Liga Ouro 2015.

Além do cestinha Guto, o Caxias outros nomes que aparecem bem e se destacaram como o ala Bruno Ferreira com um duplo-duplo de 14 pontos e 10 rebotes e ainda o armador Cauê Verzola, que mesmo marcado de perto os 40 minutos, somou 8 pontos e 10 assistências.

“Nosso time joga como equipe e rodamos para que todos consigam aparecer. O Sport é uma equipe muito boa e rápida, mas estamos tendo tranquilidade para jogar e nos impor nos jogos. Nosso forte é a defesa, temos a melhor defesa do campeonato e marcando com intensidade, chegamos bem ao ataque”, explicou o destaque gaúcho Guto.

No Sport, foi o jogo interno que deu mais produtividade a equipe. O ala/pivô Luciano Matão, com 14 pontos, foi o maior pontuador dos visitantes, seguido do pivô Sidão, 13 pontos.

Os dois times volta a se enfrentar e o Caxias pode ser campeão já na quarta-feira, no Ginásio Marcelino Lopez em Recife. A missão do Sport, para seguir vivo na briga pelo titulo, é defender seu mando de quadra.

O terceiro confronto também terá transmissão ao vivo pela web (http://lnb.com.br/tempo-real/) na quarta-feira, a partir das 20 horas.

 

O Jogo

O confronto começou corrido, com os dois times jogando bem em contra-ataques e mais veloz nos minutos iniciais, o Sport saiu na frente e liderou o primeiro quarto. Por característica, o Caxias melhorou quando diminuiu o ritmo, passou a jogar com a bola na mão e colocou sua torcida em quadra. O time da casa alcançou a liderança com uma bola de três pontos do ala/pivô Arthur Bernardi, dentro dos 10 segundo finais. O armador do Sport, Victinho, ainda teve dois lances livres para retomar a liderança, mas não converteu e os visitantes saíram atrás em 17 a 16.

A torcida da casa estava empolgada pela recuperação de sua equipe, mas no o cenário do jogo mudou quando a dupla rubro-negra, Matias e Victinho, acelerou o ritmo, somou 9 pontos (6 e 3), o comandante Ricardo Oliveira apertou a marcação e o Caxias sentiu essa pressão. No jogo corrido, os visitantes levavam vantagem e chegaram a abrir 10 pontos de diferença, 32 a 22. o confronto foi para o intervalo com o Leão melhor em quadra e vencendo por 38 a 29.

Assim como no primeiro confronto, o Caxias voltou outro time no terceiro quarto. Jogando dentro de seu estilo e marcando muito forte, o time da casa fez ferver o “Vascão” e forçou muitos erros ofensivos do Sport que somou apenas 11 pontos. Com o controle do jogo, o Caxias, em uma enterrada do pivô André Luiz com 2m25 para o fim do terceiro quarto, deixou tudo igual em 49 a 49. Com experiência para levar os minutos finais do período, o Caxias colocou seu torcedor na partida e voltou a liderar o confronto, 52 a 51.

O último período foi uma caçada do Sport ao Caxias. O time da casa, jogando sempre em meia quadra, bem montado e valorizando sua posse de bola, contrastava com a correria e tentativa de ganhar volume de jogo do Leão. Com 2 minutos por jogar, o pivô Sidão, com um três pontos, falta e cesta, deu a liderança ao Sport 63 a 62. Quem não entrou no combinado nordestino foi o ala Guto do Caxias, que com a mão quente desde o inicio e nos momentos difíceis de sua equipe apareceu para resolver. Com 07 pontos no último quarto, 21 no jogo, o ala matou uma bola de três pontos fundamental para estabelecer mais uma vitória gaúcha, desta vez por 70 a 67.

Confira o calendário da grande Final da Liga Ouro 2015:

 

Jogo 1 – Caxias do Sul (RS) 85×63 Sport Club do Recife (PE)

Jogo 2 – Caxias do Sul (RS) 70×67 Sport Club do Recife (PE)

Jogo 3 – 06/05, quarta-feira, às 20 horas, Ginásio Marcelino Lopes. Recife (PE) – ao vivo na WEB
Jogo 4* – 08/05, sexta-feira, às 20 horas, Ginásio Marcelino Lopes. Recife (PE) – ao vivo na WEB
Jogo 5* – 13/05, Ginásio Vasco da Gama. Caxias do Sul (RS) – ao vivo na WEB

 

 

Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ER EN +/- EF
#14 Guto 1 40.0 21/46 (46) 0+0 0 2 2/7 (29) 6/11 (55) 3/3 (100) 4 0 1.00 4.00 2 0 3 15
#12 Bruno 1 29.0 14/38 (37) 7+3 10 0 2/8 (25) 1/4 (25) 6/6 (100) 1 0 3.00 5.00 0 1 6 16
#36 Arthur 1 20.6 12/18 (67) 3+2 5 3 2/4 (50) 2/2 (100) 2/2 (100) 1 0 2.00 3.00 2 0 0 17
#8 Cauê 1 40.0 8/26 (31) 3+0 3 10 1/6 (17) 2/3 (67) 1/2 (50) 1 0 4.00 4.00 1 0 3 14
#
Fatal error: Uncaught Error: Call to a member function getNumber() on boolean in /var/www/html/lnb/wp-content/themes/lnb-2016/single-noticias.php:848 Stack trace: #0 /var/www/html/lnb/wp-includes/template-loader.php(74): include() #1 /var/www/html/lnb/wp-blog-header.php(19): require_once('/var/www/html/l...') #2 /var/www/html/lnb/index.php(17): require('/var/www/html/l...') #3 {main} thrown in /var/www/html/lnb/wp-content/themes/lnb-2016/single-noticias.php on line 848