#JOGAJUNTO

LNB / NBB

Evolução constante

12-11-2011 | 01:15
Por Liga Nacional de Basquete

LNB realiza clínica com os 48 árbitros do quadro do NBB. Evento contou com as participações de Alberto Garcia e Geraldo Fontana, da FIBA Americas

Divulgação/LNB

Divulgação/LNB

Preocupada em capacitar a arbitragem para as partidas do NBB 2011/2012, a Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a CBB (Confederação Brasileira de Basquete), realizou, nos dias 10, 11 e 12 de novembro, uma clínica que reuniu, em Campinas (SP), os 48 árbitros listados para atuar nos jogos do campeonato nacional. O evento contou com a presença de nomes importantes como o secretário geral da FIBA Americas, Alberto Garcia, e o diretor de arbitragem da entidade, Geraldo Fontana, que palestraram para os brasileiros.

Nos três dias que estiveram reunidos, os árbitros participaram de diversas palestras. Além dos representantes da FIBA Americas, estiveram presentes José Augusto Piovesan, do Departamento de arbitragem da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Coronel Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPB), Diego Jeleilate, preparador físico da Seleção Brasileira Masculina, entre outros.

Além de situações de partida, outros temas foram abordados como relatório de jogo, trabalho em grupo e psciologia.

Completando a lista de atividades, os árbitros também passaram por uma avaliação física, nos moldes do FIBA Fitness Test, modelo adotado pela entidade máxima do basquete.

“Tivemos uma variedade na programação. E a reação dos participantes foi muito boa. O Fontana trouxe um pouco da filosofia de trabalho da FIBA Americas, a CBB também colaborou com a presença do Piovesan”, ressaltou a coordenadora de arbitragem da LNB, Flávia de Almeida.

“É importante você reunir todo o quadro de árbitros a fim de padronizar critérios. Dessa forma, queremos que todos apitem com a mesma consistência durante o campeonato”, completou a coordenadora.

O árbitro catarinense Cristiano Maranho, um dos mais renomados no basquete mundial, ressaltou a importância da evolução da arbitragem para acompanhar o crescimento do NBB. Maranho foi o árbitro da final do último Campeonato Mundial, em 2010, na Turquia, e também atuou nas Olimpíadas de Pequim 2008.

“Foi muito legal e interessante essa clínica, com palestras esclarecedoras e empolgantes. A LNB mostrou um interesse muito grande em capacitar a arbitragem. O campeonato este ano vai ser o mais duro de todos. Todos melhoraram e a arbitragem também tem que melhorar”, declarou.

O árbitro de Goiás Fabiano Huber participará de sua segunda temporada no NBB e destacou a importância da clínica também para os jovens árbitros do quadro.

“Como sou novo, para mim é muito bom. Esse NBB promete muito e nossa preparação está sendo muito boa. As partidas prometem ser emocionantes, vários jogadores de fora voltaram e temos que estar prontos, pois cada jogo vai ser uma final” , comentou.

O NBB é uma competição organizada pela LNB em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.