#JOGAJUNTO

NBB

FestaConfirmada

25-06-2020 | 04:20
Por Liga Nacional de Basquete

Com apresentação da Budweiser, NBB confirma Festa dos Melhores do Ano para 10 de julho e candidatos ao prêmio de "Jogador Que Mais Evoluiu" são anunciados

Mesmo com a temporada 2019/2020 encerrada previamente, devido à pandemia do Covid-19, a Liga Nacional de Basquete anunciou a realização da Festa dos Melhores do Ano do NBB, apresentada por Budweiser. O evento premiará os destaques individuais e coletivos da temporada, com transmissão ao vivo no Facebook do NBB, no dia 10 de julho, às 19h (de Brasília).

Na semana passada, capitães, técnicos e assistentes dos 16 times do NBB, junto com a imprensa, personalidades e staff da LNB votaram nas categorias de premiação. A partir da próxima semana, os perfis oficiais do NBB nas mídias sociais começarão a divulgar os indicados para os prêmios individuais.

Os prêmios estarão divididos nas seguintes categorias: Quinteto Ideal do NBB (Armador, Alas e Pivôs), Troféu Ary Vidal – Técnico do Ano (apresentado por Unisal), Jogador com Maior Evolução, Destaque Jovem, Defensor do Ano (apresentado por Plastubos), Melhor Sexto Homem, Estrangeiro do Ano e o King of the Season (apresentado por Budweiser).

“A temporada foi finalizada de uma maneira que ninguém podia imaginar, sem podermos chegar aos playoffs, mas a performance de todos os atletas, comissões técnicas e equipes precisa ser exaltada”, afirmou Nilo Guimarães.

Indicados ao prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu

Os três candidatos ao troféu de Jogador Que Mais Evoluiu do NBB 2019/2020 estão definidos. São eles Georginho (São Paulo FC), Rafa Oliveira (São José Basketball) e Vitão (Paulistano/Corpore). O vencedor será conhecido no dia 10 de Julho, na Festa de Premiação da competição, de forma online.

A votação para essa e todas as outras categorias contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 16 equipes que disputaram a atual edição do NBB, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros.

Saiba mais sobre os candidatos ao prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu:

Georginho (São Paulo FC)

Candidato em três prêmios distintos, Georginho mostrou todo o seu potencial nesta temporada do NBB. Fundamental na boa campanha do São Paulo, o armador quebrou recordes nesta temporada, e o principal quesito foi a quantidade de triplos-duplos registrados; cinco no total.

Georginho teve um aumento de 6,6 pontos, 4,4 rebotes e 4,9 rebotes em comparação com as médias da temporada 2018/2019 (João Pires/LNB)

A mudança de time deu outro ritmo para o jogo de Georginho. O jogador de 24 anos foi líder da sua equipe em rebote, assistência e eficiência, além de ser o reboteiro e o jogador mais eficiente de toda a competição. Suas médias foram de 15,5 pontos, 8,7 rebotes, 7,5 assistências e 24,1 de eficiência. 

Rafa Oliveira (São José Basketball)

Assim como os outros candidatos ao prêmio de maior evolução, Rafa Oliveira mudou de time e se deu bem na temporada. A evolução dentro de quadra foi notável e o jogador registrou a sua melhor média de pontos na carreira, com 16,2 em 25 jogos. 

O contra-ataque foi uma das principais fontes de pontuação de Rafa Oliveira na temporada (Arthur Marega Filho/São José Basketball)

O ala colocou seu nome no cenário nacional com partidas espetaculares nesta última edição do NBB. Rafa foi o líder em arremessos convertidos de dois pontos na temporada, com média de 5,8 acertos por jogo e o incrível índice de  68,8% de acertos nos chutes.

Vitão (Paulistano/Corpore)

Lapidado na LDB, Vitão mostrou que não parou de evoluir neste último ano. O jogador disputou o seu quinto NBB e se transformou em uma peça chave na rotação da equipe do técnico Régis Marrelli, com a sua maior média de minutos na carreira (23,2 por jogo). 

MVP das Finais da LDB de 2017, Vitão se consolidou na elite do basquete brasileiro nesta temporada (Stephan Eilert/Basquete Cearense)

O pivô esteve presente em 25 partidas do Paulistano na competição e foi um dos destaques do time, com médias de 9,0 pontos, 3,8 rebotes e 1,0 assistência e 9,0 de eficiência.

Também foram votados para o prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu do NBB 2019/2020:

André Góes (Mogi), Augusto (Pato Basquete), Betinho (Pinheiros), Buffat (Pinheiros), Davi Rosseto (Minas), Dikembe (Paulistano), Du Sommer (Botafogo), Gerson (Rio Claro), Gui Santos (Brasília), Gustavo Basílio (Pato Basquete), João Vitor (Unifacisa), Lucas (Mogi), Nesbitt (Corinthians), Pedrinho Rava (Brasília), Samuel Pará (Bauru) e Yago (Paulistano). 

Confira os vencedores do prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu na história do NBB*:

2018/2019 – Didi (Franca) 

2017/2018 – Wesley (Minas) 

2016/2017 – Georginho (Paulistano)

2015/2016 – Deryk Ramos (Brasília)

2014/2015 – Davi Rossetto (Basquete Cearense)

2013/2014 – Paulão Prestes (Franca)

2012/2013 – Gui Deodato (Bauru)

2011/2012 – Gui Deodato (Bauru)

2010/2011 – Vitor Benite (Franca)

2009/2010 – Audrei Parisotto (Joinville)

*o prêmio não foi entregue na primeira temporada (2008/2009)

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos e VivaGol.