#JOGAJUNTO

NBB

Início sem sustos

17-10-2012 | 02:06
Por Liga Nacional de Basquete

Brasília cumpre o esperado e passa sem muitas dificuldades pelo Amistad, da Bolívia, em estreia na Liga Sul-Americana 2012

A torcida que compareceu ao ginásio da ASCEB para prestigiar a estreia do Uniceub/BRB/Brasília na Liga Sul-Americana 2012 não se decepcionou na noite desta terça-feira (16/10), na capital federal. Mostrando o já conhecido entrosamento, a equipe candanga não tomou conhecimento dos bolivianos do Amistad e venceu por 128 a 75. O ala/pivô Guilherme Giovannoni foi o cestinha da partida, com 21 pontos. Pelo time da Bolívia, o maior pontuador foi Quentin Smith, que terminou o jogo com 18 pontos.

Ninguém fez mais pontos do que Guilherme Giovannoni na partida: 21 (Brito Júnior/Divulgação)

O primeiro período do confronto deu a tônica da partida. Com uma defesa bem posicionada e um contra-ataque eficiente, os donos da casa terminaram os primeiros dez minutos de jogo com uma confortável vantagem de 16 pontos (30 x 14). O destaque do time brasiliense no quarto foi o ala Arthur, com 11 pontos.

A história não foi diferente no período seguinte, e o Brasília abriu uma vantagem de mais de 30 pontos, fechando o primeiro tempo por 60 x 26.

Após o intervalo, o armador Mendoza, de 1,65 m de altura, considerado um jogador baixo para o basquete, acertou três bolas de três pontos e ajudou o time boliviano a alcançar a marca de 33 pontos só no terceiro quarto, mais do que na etapa inicial inteira, quando os visitantes fizeram 26 no total. Mesmo assim, o Brasília manteve um ataque forte que marcou 37 pontos e foi para os dez minutos finais vencendo por 97 x 59.

No último quarto de partida, os torcedores presentes nos ginásio da ASCEB clamaram pelo centésimo ponto, que foi prontamente atendido com uma cesta do pivô Alírio. Os donos da casa fecharam a partida vencendo o jogo por 128 x 75 e estreando com o pé direito na competição sul-americana.

O baixinho Mendoza ao lado do gigante Giovannoni (Brito Júnior/Divulgação)

“Vencer na estreia é sempre importante. Além disso, conseguimos rodar bastante a equipe, dando tempo de quadra a todos os nossos jogadores. Vamos seguir em busca do nosso objetivo, que é a classificação, sabendo que teremos na segunda rodada o Malvín, que é um adversário acostumado com competições internacionais e que nos trará dificuldades”, comentou Guilherme Giovannoni.

Os times voltam a jogar nesta quarta-feira (17/10). O UniCEUB/BRB/Brasília recebe o Malvin (Uruguai), às 21h20, enquanto o Amistad mede forças com Regatas Corrientes (Argentina), às 19h10. Ambas as partidas ocorrem no Ginásio da ASCEB, na capital federal.

Baixinho cai no gosto da torcida

O armador boliviano Mendoza fez muito sucesso diante da torcida brasiliense, que deixou a rivalidade de lado e vibrou em cada um dos 12 pontos marcados pelo baixinho. “Fiquei muito feliz com o carinho da torcida. Não esperava isso, foi surpreendente. Sei que minha altura chama atenção, mas quem joga com paixão supera qualquer dificuldade”, disse.