#JOGAJUNTO

NBB

Técnicodo ano

13-07-2020 | 05:43
Por Liga Nacional de Basquete

Guerrinha conquista o Troféu Ary Vidal, de Técnico do Ano do NBB, pela primeira vez na carreira

A superação de Guerrinha não foi algo exclusivo da temporada passada. Quem acompanha o NBB já está acostumado a ver o Mogi surpreendendo ano após ano e o que todas essas campanhas têm em comum é o homem que está à beira da quadra. Na última sexta-feira (10/07), a recompensa por seu grande trabalho veio em forma do Troféu Ary Vidal, apresentado por UNISAL, que coroou Guerrinha o Técnico do Ano do NBB 2019/2020.

“Entregar esse prêmio ao Guerrinha é uma satisfação enorme para o UNISAL, pela pessoa que o Guerrinha é e a sua carreira vitoriosa, seja como jogador e técnico. Ele é um exemplo para os nossos jovens, pela sua força, suas diretrizes e humildade. Principalmente nesse ano, ele superou dificuldades enormes”, disse Nilson Leis, Pró-Reitor Administrativo do UNISAL.

Técnico mais vencedor da história do NBB, com 223 vitórias, Guerrinha conquistou o prêmio inédito ao conduzir o Mogi ao quinto lugar do campeonato. Mesmo sem poder contar com Alexey, João Pedro, Gruber e Fúlvio por boa parte da temporada, por conta de lesões, a equipe mogiana manteve um basquete de altíssimo nível, batendo de frente com todos os times da liga.

“Foi uma temporada fantástica. Tivemos muitas dificuldades desde o início, mas sempre tive um respaldo muito grande de Deus, da minha família e da equipe, dentro e fora da quadra. Nossa comissão técnica é muito unida e a liderança do Fúlvio e do André (Góes) nos ajudaram muito”, afirmou Guerrinha.

Na Festa de Melhores do Ano, realizada de forma online com transmissão do Facebook, Guerrinha aproveitou o espaço para homenagear um técnico em especial: Pedro Murilo Fuentes, que dá o nome ao ginásio do Sesi Franca Basquete.

“Aprendi muito há 40 anos com o maior treinador que eu tive, Pedro Murilo Fuentes, o Pedroca. Foi um cara fantástico. Punha o time no lugar e se doava. Era um educador. Um mestre que veio da USP e formou a filosofia do basquete francano. Dentro da humildade e desprendimento dele, ele só ajudava as pessoas”, lembrou.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos e VivaGol.