#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

não parade lutar

16-04-2019 | 06:54
Por Liga Nacional de Basquete

Após derrota no Jogo 1, Corinthians vai ao Rio de Janeiro em busca da recuperação na série: “não podemos parar de lutar”

O primeiro jogo das quartas de final do NBB CAIXA não foi positivo para o Corinthians. O clube do Parque São Jorge foi derrotado pelo Flamengo, em pleno Ginásio Wlamir Marques, em São Paulo (SP), por 92 a 73, e saiu atrás na série melhor de cinco partidas.

Agora, a missão do Timão ficou ainda mais complicada: terá que vencer pelo menos uma das duas partidas fora de casa para conseguir trazer a série de volta para São Paulo, no Jogo 4 das quartas de final.

A segunda partida contra o Flamengo acontecerá nesta quarta-feira (17/04), no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), às 20 horas, com transmissão ao vivo no Fox Sports.

+Flamengo confia no bom retrospecto em casa na temporada 

Para isso, o treinador Bruno Savignani espera muita concentração e confiança de sua equipe nas partidas do Rio de Janeiro para conseguir retornar ao Parque São Jorge ainda com chances de avançar nos playoffs.

“Temos que pensar jogo a jogo, esse aqui já foi, agora é cabeça no lugar, saber que perdemos apenas uma partida. O playoff é melhor de cinco, o time precisa de três vitórias para passar. Precisamos descansar bem, ficar com a cabeça positiva para conseguirmos corrigir os erros e tentar fazer um jogo melhor que aumentará e muito nossas chances de vencer”, afirmou Bruno Savignani.

Bruno Savignani, técnico do Corinthians, confia em uma vitória de sua equipe no Rio de Janeiro (Beto Miller/Agência Corinthians)

O ponto chave da derrota no Jogo 1 foi o último quarto. Nos primeiros três períodos, o jogo se manteve equilibrado, com a diferença em apenas cinco pontos para o Flamengo. Mas, nos dez minutos finais, o Timão não resistiu e viu o rival deslanchar.

O rubro-negro carioca encaixou uma sequência de pontos logo no início e aumentou a vantagem para dois dígitos. A partir daí, o que já estava difícil para o Corinthians se tornou ainda mais complicado, e o Flamengo conseguiu sair na frente nas quartas de final (1 a 0).

“Os três primeiros quartos foram bem equilibrados, conseguimos levar a partida para o último apenas cinco pontos atrás. Falhamos muito em algumas coisas combinadas no início do quarto período. Contra o Flamengo, se você vacila uma ou duas bolas, é o suficiente para eles fazerem uma corrida de 8 a 0. Esse foi o momento em que perdemos a concentração, eles conseguiram se manter firmes, tiveram um aproveitamento altíssimo nas bolas de 3 pontos e dominaram os rebotes”, avaliou o treinador do Corinthians.

Cestinha da temporada, Fuller é o grande nome do Corinthians no NBB CAIXA (Beto Miller/Agência Corinthians)

O grande destaque do Timão no jogo foi o ala/armador Kyle Fuller. Cestinha do NBB CAIXA, com 21,2 pontos por partida de média, o norte-americano com nacionalidade peruana foi o maior pontuador do jogo com 25 pontos, além de três rebotes, três assistências e 23 de eficiência.

Ídolo da torcida corinthiana, o “Gringo da Favela” promete muita raça nos jogos restantes da série, que segundo ele, ainda não está nada definida.

“Não podemos parar de lutar. Se a gente parar de lutar, eles vão ganhar. Não temos outra opção a não ser ganhar lá. Vamos para o Rio com a cabeça boa, foi apenas o primeiro jogo. Eles precisam de três vitórias para levar a série, só conseguiram uma”, disse o camisa 2 do Corinthians.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Nunca foi fácil! #nãoparadelutar #fielatéofim #vaicorinthians #jogodavida

Uma publicação compartilhada por Corinthians Basquete (@sccorinthians.basquete) em

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios da Budweiser, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.