#JOGAJUNTO

NBB

Novo comandante

09-01-2012 | 10:45
Por Liga Nacional de Basquete

Campeão mundial com a Seleção Brasileira feminina, Miguel Ângelo da Luz é o novo técnico do Tijuca no NBB

Divulgação/LNB

A direção de basquete do Tijuca/Rio de Janeiro anunciou, no início da tarde desta segunda-feira, que Miguel Ângelo da Luz é o novo treinador da equipe para a sequência da temporada 2011/2012 do NBB, campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a Rede Globo e patrocínio da Eletrobras, Caixa, Penaly e Netshoes.

Aos 52 anos, o treinador acertou o contrato em reunião com o presidente do Tijuca Tênis Clube, Paulo Maciel, e com o diretor de basquete, Gustavo Adolpho. Ele já comanda os treinamentos desta semana e viaja com a equipe para os jogos contra Araraquara e Winner/Limeira, nesta quinta e sábado, respectivamente.

“Estou muito motivado em voltar a trabalhar como treinador. Tive uma excelente passagem e experiência no Botafogo (como diretor de Esportes Olímpicos), que enriqueceu muito o meu currículo, e certamente poderei usar isso no Tijuca”, afirmou Miguel Ângelo, que não atua como treinador de uma equipe adulto masculino desde 2006, quando comandou o Uberlândia no Campeonato Nacional.

Com muito sucesso no comando da Seleção Brasileira feminina, sendo campeão mundial em 1994 e medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, Miguel Ângelo também já foi treinador de grandes equipes no basquete masculino, como Flamengo, Vasco (RJ), Uberlândia e Telemar (RJ), onde conquistou o título nacional em 2005.

“Já trabalhei em muitos clubes do Rio de Janeiro, mas nunca aqui, e confesso que sempre tive essa vontade. Fico muito feliz de poder realizar esse meu desejo disputando o NBB. Assisti ao jogo contra Franca e vi que o time é bom, com muitos talentos, e pode chegar bem nos playoffs”, afirmou o novo treinador.

A apresentação oficial foi realizada nesta terça-feira (10). O novo treinador elogiou o elenco tijucano e deixou em aberto a possibilidade da contratação de mais alguns jogadores.

“É um grupo que precisa de mais dois reforços pontuais, na armação, por conta da lesão do Arnaldinho, e na lateral, porque precisamos de um ala que tenha as bolas de três como sua principal arma. Mas neste elenco atual temos ótimas opções, jogadores que demonstraram muita vontade contra Franca e que estão motivados em mostrar serviço para o novo treinador”, disse Luz