#JOGAJUNTO

NBB

O quarto americano

05-07-2012 | 01:40
Por Liga Nacional de Basquete

Bauru anuncia a contratação de mais um reforço estrangeiro, o pivô norte-americano DeAndre Coleman, que atuava no basquete argentino

Novo reforço do Bauru, Coleman teve média de 20,9 pontos na Liga Argentina (Divulgação)

O pivô norte-americano DeAndre Coleman será o último reforço do Paschoalotto/Bauru para a temporada 2012-2013. Com a chegada do jogador, o técnico Guerrinha conta agora com onze jogadores para a disputa do Campeonato Paulista, Jogos Abertos e para a quinta edição do NBB. A décima segunda vaga será preenchida por algum dos atletas que farão testes como convidados da equipe.

Coleman será o quarto norte-americano do elenco bauruense na temporada 2012/2013. O regulamento do NBB permite que as equipes tenham somente três atletas estrangeiros, porém, com a naturalização do armador Larry Taylor, o time paulista poderá usufruir desse fato.

O novo reforço do Bauru é de Atlanta (EUA), tem 25 anos, 2,00m de altura e 106kg, jogou quatro anos da Divisão I da NCAA (Liga Universitária Norte-Americana), sendo dois anos pela University of Cincinnati e outros dois pela University of South Alabama. Como profissional, Coleman teve passagens pela Finlândia, Uruguai, Venezuela, República Dominicana e, na última temporada, estava no Club Atlético Unión de Sunchales, da Argentina. Nessa última passagem, obteve médias de 20,9 pontos, 9,2 rebotes por jogo, em 34 minutos em quadra.

O técnico Guerrinha pediu recomendações de alguns ex-treinadores de Coleman para poder trazer o norte-americano.

“Tenho o hábito de avaliar e trocar informações com outros técnicos e falei com um técnico argentino, um outro venezuelano amigo meu e um uruguaio. Todas as questões técnicas como se ele foi um jogador de equipe, atlético, reboteiro, se tem bom arremesso de perímetro e também o perfil do jogador, que segundo as informações é uma pessoa parecida com o Larry, bem tranquilo, são fundamentais para avaliar o atleta por completo”, afirmou o treinador.

Outra questão importante que ajudou a equipe de Bauru a contratar o jogador foi que John Thomas, outro reforço do time para a temporada, já conhecia Coleman nos Estados Unidos.

“Nos ajudou também o fato do Thomas ser de Atlanta também e já conhecer o Coleman, falando coisas muito boas sobre ele. Pegamos todas essas informações e fizemos esse cruzamento, se tudo que nos foi passado é realmente válido. Estamos diante de um grande jogador que irá fortalecer muito a nossa equipe”, completou.

As questões burocráticas do pivô DeAndre Coleman estão sendo resolvidas, inclusive seu visto. Com isso, o atleta deve chegar ao Brasil apenas no dia 17 de julho.