#JOGAJUNTO

LDB / LDB Em Números

Recordistas dahistória da LDB

13-08-2019 | 03:39
Por Liga Nacional de Basquete

Cestinhas, garçons e reboteiros: veja quem são os principais recordistas em cada fundamento na história da LDB

O Campeonato Brasileiro Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) nasceu com o intuito de lapidar e revelar jovens promessas do basquete nacional.

Neste ano, a competição, que é a maior à nível de base no Brasil, está em sua nona edição e conta com a participação de grandes prospectos do basquete brasileiro para os próximos anos, como os pivôs Dikembe e Márcio e o ala Danilo Sena.

Mas se essas jovens promessas brilham hoje, antes outros nomes também deram show nas quadras do Brasil afora.

Grandes atuações aconteceram e recordes foram estabelecidos. Por isso, separamos os líderes de cada fundamento da história da LDB. Ficou curioso, né? Então não perca tempo, rola para baixo e confere aí!

Recordes em um único jogo:

– Pontos

#1 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2015 –  União 61 x 123 Pinheiros – 51 pontos

#2 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2014 – União 56 x 94 Pinheiros – 44 pontos

#3 – Daniel Von Haydin (Corinthians) – LDB 2019 Corinthians 89 x 86 Minas Tênis Clube – 41 pontos

#4 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2014 – Regatas 56 x 112 Pinheiros – 37 pontos

#5 – Gustavo Scaglia (UniCEUB/BRB) – LDB 2014 – UniCEUB/BRB 79 X 76 Minas Tênis Clube – 37 pontos.

Lucas Dias detém o recorde de mais pontos em um único jogo na história da LDB (João Neto/LNB)

– Rebotes

#1 – Felício (Flamengo) – LDB 2014 – Bauru 87 x 88 Flamengo – 29 rebotes

#2 – Juliatto (Basquete Curitiba/CMP) – LDB 2016 – Basquete Curitiba/CMP 87 X 77 Extremos – 28 rebotes

#3 – Durval (Sport) – LDB 2013 – Sport 69 x 71 Tijuca – 27 rebotes

#4 – Andrezão (Bauru) – LDB 2012 – Bauru 125 x 47 São Luís – 24 rebotes

#5 – Durval (Sport) – LDB 2013 – Vila Velha 77 x 71 Sport – 24 rebotes

Hoje na NBA, Cristiano Felício ainda defende o recorde de mais rebotes em um único duelo (Luiz Pires/LNB)

– Assistências

#1 – Gegê (Flamengo) – LDB 2013 – Limeira 50 x 104 Flamengo – 16 assistências

#2 – Gegê (Flamengo) – LDB 2013 – Flamengo 73 x 60 Franca Basquete – 15 assistências

#3 – Ricardo Fischer (Bauru) – LDB 2012 – Bauru 92 x 69 São José – 15 assistências

#4 – Gegê (Flamengo) – LDB 2011 – Flamengo 86 x 50 Sesi/Franca Basquete – 14 assistências

#5 – Pedrinho (São José) –LDB 2015 – Praia Clube 59 x 66 São José – 14 assistências

Desde a LDB, Gegê já se destacava nas assistências e ainda é dono do maior número de passes para pontos em um jogo só (Célio Messias/LNB)

– Arremessos de 3 pontos certos

#1 – Daniel Von Haydin – Corinthians 81 x 71 Basquete Cearense – 11 bolas de 3 pontos convertidas.

#2 – Felipinho (Inter) – LDB 2015 – Inter 81 x 91 Macaé – 10 bolas de 3 pontos convertidas

#3– Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2014 – Regatas 56 x 116 Pinheiros – 9 bolas de 3 pontos convertidas

#4 – Igor (Palmeiras) – LDB 2018 – Palmeiras 105 x 51 União Corinthians – 8 bolas de 3 pontos convertidas

#5 – Assunção (Flamengo) – LDB 2017 – Flamengo 105 x 56 Sogipa – 8 bolas de 3 pontos convertidas

Daniel Von Haydin quebrou o recorde de bolas de 3 pontos na LDB 2019 (João Pires/LNB)

– Arremessos 2 pontos certos

#1 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2015 – União 63 x 113 Pinheiros – 18 bolas de 2 pontos convertidos

#2 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2014 – Pinheiros 94 x 56 União – 16 bolas de 2 pontos convertidas

#3 – Fred Duarte (Flamengo) – LDB 2011 – Flamengo 104 x 36 – 15 bolas de 2 pontos convertidas

#4 – João Pedro (Sesi Franca Basquete) – LDB 2015 – Sesi Franca Basquete 98 x 73 Basquete Cearense – 15 bolas de 2 pontos convertidas

#5 – Léo Demétrio (Minas Tênis Clube) – LDB 2015 – Minas Tênis Clube 104 x 52 União – 14 bolas de 2 pontos convertidas

Lucas Dias é dono do recorde de bolas de 2 pontos convertidas em único jogo (Guilherme Peixinho/Divulgação)

– Lance Livre

#1 – Pedrinho (São José Basketball) – LDB 2016 – São Bernardo 58 x 71 São José Basketball – 17 lances livres convertidos

#2 – Rafa (Blumenau) – LDB 2014 – Paulistano 69 x 60 Blumenau – 16 lances livres convertidos

#3 – Felipe Vezaro (Sport) – LDB 2013 – Sesi Franca Basquete 85 x 98 Sport – 16 lances livres convertidos

#4 – Wesley (Tijuca) – LDB 2013 – Paulistano 61 x 59 Tijuca – 15 lances livres convertidos

#5 – Coelho (Minas Tênis Clube) – LDB 2013 – Paulistano 61 x 77 Minas Tênis Clube – 15 lances livres convertidos

– Tocos

#1 – João Pedro (Sesi/Franca Basquete) – LDB 2016 – Sesi Franca 67 x 57 São Bernardo – 7 tocos

#2 – Bruno Caboclo (Pinheiros) – LDB 2013 – Pinheiros 67 x 52 UniCEUB/BRB – 7 tocos

#3 – Colimerio (São José) – LDB 2013 – São José 75 x 57 Vitória (BA) – 6 tocos

#4 – João Vitor (Flamengo) – LDB 2018 – Flamengo 65 x 57 Palmeiras – 6 tocos

#5 – Bruno Caboclo (Pinheiros) – LDB 2013 – Pinheiros 86 x 71 Vitória (BA) – 6 tocos

João Pedro ainda é dono do recorde de tocos na história da LDB

– Bolas recuperadas

#1 – Welinton (Bauru) – LDB 2011 – Bauru 106 x 48 Liga Sorocabana – 15 bolas recuperadas

#2 – Diego (Flamengo) – LDB 2014 – Flamengo 113 x 48 Joinville/AABJ – 12 bolas recuperadas

#3 – Galocha (Vila Velha) – LDB 2011 – Vila Velha 83 x 64 Liga Sorocabana – 11 bolas recuperadas

#4 – Tobias (Minas Tênis Clube) – LDB 2013 – Minas Tênis Clube 90 x 34 Vitória (ES) – 10 bolas recuperadas

#5 – Coelho (Praia Clube) – LDB 2011 – Praia Clube 66 x 65 Vila Velha – 10 bolas recuperadas

– Eficiência

#1 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2015 –  União 61 x 123 Pinheiros – 59 de eficiência

#2 – Lucas Dias (Pinheiros) – LDB 2014 – União 56 x 94 Pinheiros – 55 de eficiência

#3 – Andrezão (Bauru) – LDB 2012 – Bauru 125 x 47 São Luís – 52 de eficiência

#4 – Juliatto (Basquete Curitiba/CMP) – LDB 2016 – Basquete Curitiba/CMP 87 X 77 Extremos – 48 de eficiência

#5 – Felício (Flamengo) – LDB 2014 – Bauru 87 x 88 Flamengo – 47 de eficiência

Lucas Dias ainda detém o maior índice de eficiência em um único jogo da LDB (Thiago Parmalat/LNB)

Números absolutos:

– Pontos

#1 – Lucas Dias – 69 jogos – 1.255 pontos

#2 – Victor – 78 jogos – 1.100 pontos

#3 – Higor – 88 – 1.069 pontos

#4 – Patrick Carioca – 66 jogos – 1.024 pontos

#5 – Gustavo Scaglia – 76 jogos – 958 pontos

– Rebotes

#1 – Rafael Silva – 93 jogos – 644 rebotes

#2 – João Pedro – 76 jogos – 590 rebotes

#3 – Lucas Dias – 69 jogos – 558 rebotes

#4 Ronald – 48 jogos – 538 rebotes

#5 – Leandro – 91 – 529 rebotes

– Assistências

#1 – Gegê – 36 – 341 assistências

#2 – Davi – 60 – 296 assistências

#3 – Danielzinho – 96 jogos – 295 assistências

#4 – Alexey – 84 jogos – 294 assistências

#5 – Luan – 89 jogos – 292 assistências

– Tocos

#1 – Ronald – 48 jogos – 107 tocos

#2 – Colimerio – 58 jogos – 95 tocos

#3 – João Pedro – 76 jogos – 95 tocos

#4 – Bruno Caboclo – 31 jogos – 74 tocos

#5 – Rech – 89 jogos – 73 tocos

– Bolas recuperadas

#1 – Patrick Carioca – 66 jogos – 166 bolas recuperadas

#2 – Higor – 88 jogos – 165 bolas recuperadas

#3 – Rafael – 93 jogos – 146 bolas recuperadas

#4 – Luizinho – 86 jogos – 142 bolas recuperadas

#5 – Pitico – 63 jogos – 139 bolas recuperadas

– Duplos-Duplos

#1 – Felício – 34 jogos – 27 duplos-duplos

#2 – Ronald – 48 jogos – 27 duplos-duplos

#3 – Lucas Dias – 69 jogos – 24 duplos-duplos

#4 – Matheus Pereira – 63 jogos – 21 duplos-duplos

#5 – Pezão – 45 jogos – 19 duplos-duplos