#JOGAJUNTO

NBB

Raio X – Paulistano x Franca

12-04-2012 | 04:21
Por Liga Nacional de Basquete

Confira as principais informações das equipes de Paulistano e Franca, que se enfrentam nas oitavas de final do NBB

Uma das gratas surpresas deste NBB, a jovem equipe do Paulistano/Unimed terminou com a sétima colocação na temporada e na primeira rodada dos playoffs tem pela frente o atual vice-campeão, o Vivo/Franca, uma das equipes mais experientes da competição e que ficou com a décima colocação. E este duelo entre juventude e experiência promete fazer esta uma das séries mais empolgantes de acompanhar nas oitavas de final.

Paulistano x Franca

Paulistano/Unimed – 17 vitórias e 11 derrotas (7º colocado)

Time base: Elinho, Betinho, Alex, Felipe e Araújo

Ponto forte: Arremessos de 3 pontos

A equipe do Paulistano é a terceira que mais arrisca arremessos de 3 pontos na competição, com média de 22,7 tentativas por jogo, e a é a terceira que mais converte esse tipo de arremesso, 8,3 acertos por partida. No aproveitamento, a equipe aparece em sexto, com 36,5%

Felipe, do Paulistano

(João Pires/LNB)

Ponto fraco: Erros

Buscando sempre jogar em velocidade, o Paulistano é a segunda equipe que mais desperdiça bolas no NBB. A média de erros da equipe de São Paulo é de 14,4 por partida.

Destaque individual: Felipe

Mais experiente jogador do elenco, o ala/pivô Felipe, de 32 anos, é um dos atletas mais regulares do Paulistano. Na temporada, suas médias são de 12,1 pontos e 6,4 rebotes e 16,1 no índice de eficiência, quesito no qual é líder da equipe.

6º homem: Pedro

Com a missão de pontuar vindo do banco, o ala Pedro não decepciona. Utilizando os tiros de longa distância como sua principal arma, ostenta médias de 9,6 pontos e 41,3 de aproveitamento nos 3 pontos.

Logo FrancaVivo/Franca – 13 vitórias e 15 derrotas (10º colocado)

Time base: Helinho, Sowell, Márcio, Drudi e Ivanovic

Ponto forte: Assistências

Característica das equipes comandada por Hélio Rubens, Franca é uma das equipes que mais distribui assistências na competição. Com média de 16 passes decisivos por partida, aparece em segundo lugar neste fundamento.

Sowell, do Franca

(João Pires/LNB)

Ponto fraco: Erros

Apesar do bom número de assistências, o número de erros cometidos pela equipe francana também é alto. São 13,8 desperdícios de bola por partida, quinto pior índice da competição na temporada regular.

Destaque individual: Sowell

O excêntrico norte-americano é um dos cestinhas desta edição do NBB. Rápido e muito ágil, o ala/armador tem média de 18,8 pontos por jogo, quinta maior do campeonato.

6º homem: Basden

Titular durante parte do campeonato, o norte-americano Eddie Basden agora tem a missão de comandar o banco de reservas da equipe de Franca. Podendo atuar como ala ou como ala/armador, se utiliza de sua força física e explosão para pontuar e infernizar os adversários com sua defesa. Na temporada, acumula médias de 12,0 pontos, 4,6 rebotes e 2,0 assistências.

Datas dos confrontos:

14/04 (Sábado)
18h – Vivo/Franca x Paulistano/Unimed

17/04 (Terça-feira)
21h – Paulistano/Unimed x Vivo/Franca

19/04 (Quinta-feira)
20h – Paulistano/Unimed x Vivo/Franca

22/04 (Domingo)*
18h – Vivo/Franca x Paulistano/Unimed

25/04 (Terça-feira)*
19h – Paulistano/Unimed x Vivo/Franca

*Se necessário