#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Seleção daSemana #3

05-11-2019 | 04:10
Por Liga Nacional de Basquete

Liderada por jogadores experientes, Seleção da Semana #3 é divulgada; Nezinho "clutch" recebe prêmio de #KingOfTheWeek

A terceira semana do NBB CAIXA chegou ao fim. Dez jogos agitaram os fãs da competição entre os dias 27/10 e 02/11, com direitos a grandes atuações e lances memoráveis.

Listamos aqui a Seleção da Semana #2 do NBB CAIXA, com os principais destaques, além do #KingOfTheWeek de melhor jogador, com oferecimento da Budweiser, e escolhido pelos comentaristas da competição.

Vale lembrar que as outras escolhas são feitas pelos editores do portal da LNB e não necessariamente refletem a opinião da entidade. Confira a Seleção e deixe seu pitaco nas nossas redes sociais!

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da CAIXA, Budweiser, Unisal, INFRAERO, Nike, Penalty, Plastubos e os apoios do Açúcar Guarani e Pátria Amada Brasil – Governo Federal.

Nezinho (Universo/Brasília) – King of the Week

Que semana do Nezinho! O experiente armador de 38 anos mostrou que segue em boa fase e foi decisivo nas duas vitórias do Brasília na última semana, sobre o Pato Basquete (76 a 73) e Renata/Rio Claro (86 a 75).

Ele foi o cestinha no duelo contra o Pato, com 22 pontos (5/11 nos arremessos de 3 pontos), mais seis assistências e 20 de eficiência. Ainda nessa partida, o jogador foi o responsável pela bola vencedora, no melhor estilo Nezinho, saltando com apenas um pé. Olha só que coisa linda…

No jogo contra o Rio Claro não se destacou muito na pontuação (12 pontos), mas em compensação se sobressaiu nas assistências, com 13, recorde da atual temporada. Além de quatro roubadas de bola e 22 de eficiência.

Com médias de 17,0 pontos, 9,5 assistências e 21,0 de eficiência, Nezinho não só foi escolhido para a Seleção da Semana #3, como também foi eleito o King of the Week, prêmio de melhor jogador da semana oferecido pela Budweiser. Merecido, né?!

Corderro Bennett (EC Pinheiros)

Outro jogador que se destacou na última semana foi o norte-americano Corderro Bennett. O ala/armador do Pinheiros teve dois bons desempenhos na vitória sobre o São José e também na derrota para o Mogi das Cruzes.

No triunfo sobre o time joseense, decidido apenas na prorrogação, Bennett liderou o Pinheiros na reação e foi o maior pontuador da equipe com 22 pontos, além de também contribuiu com quatro assistências e 24 de eficiência.

Na soma das duas partidas, Bennett conseguiu médias de 18,0 pontos, 3,0 assistências, 3,0 rebotes e 18,5 de eficiência. Números que comprovam seu lugar na Seleção da Semana!

Luis Gruber (Mogi das Cruzes)

O início de temporada do Mogi das Cruzes está sendo animador. A equipe do Alto Tietê venceu todas as suas quatro partidas e segue invicta no NBB CAIXA ao lado do Sesi Franca Basquete. Um dos principais nomes do time nesse começo vem sendo o ala/pivô Luis Gruber.

Na última semana, o jogador de 34 anos teve grande atuação na vitória apertada sobre o Pinheiros e contribuiu com 19 pontos, três rebotes, duas assistências e 20 de eficiência.

Além disso, é o cestinha do Mogi na temporada e terceiro cestinha da competição (20,5 pontos por partida). Belo começo pro camisa 20 do time comandado pelo treinador Guerrinha.

Felipe Ribeiro (Basquete Cearense)

Como diz a música “panela velha é que faz comida boa”… Aos 40 anos, o ala/pivô Felipe Ribeiro está comprovando essa afirmação dentro de quadra.

Na última semana, o jogador e capitão do Basquete Cearense mostrou mais uma vez que está passando por uma grande fase. Foram dois duplos-duplos seguidos nos confrontos sobre Franca (18 pontos e 14 rebotes) e Bauru (18 pontos e 13 rebotes).

Felipe Ribeiro é o reboteiro do NBB CAIXA 2019/2020 até o momento (Stephan Eilert/Basquete Cearense)

As médias no NBB CAIXA 2019/2020 são ainda melhores: 17,3 pontos, 11,0 rebotes e 20,3 de eficiência, as melhores marcas de sua carreira na principalmente competição do basquete brasileiro. Atuações dignas de aplausos!

Devon Scott (Minas Tênis Clube)

Em seu primeiro ano no Brasil, o pivô norte-americano Devon Scott tem dominado o garrafão do Minas Tênis Clube nos dois lados da quadra.

O jogador de 25 anos e 2,06m encaixou bem no estilo de jogo do time minastenista e já deu sinais de que tem tudo para melhorar ainda mais.

Devon Scott está dominando o garrafão do Minas Tênis Clube nos dois lados da quadra (Orlando Bento/MTC)

Na importante vitória sobre o São Paulo, fora de casa, o norte-americano fez de tudo um pouco e foi responsável 15 pontos, oito rebotes, duas bolas roubadas e um toco, totalizando 20 de eficiência.

Sexto Homem: Elinho Corazza (Sesi Franca Basquete)

Melhor Armador do NBB CAIXA 2017/2018, Elinho Corazza está vivendo um momento diferente em sua carreira. Com a chegada de Parodi no time francano, o maestro se tornou peça importante vindo do banco – e atuando junto com o uruguaio em grande parte dos jogos.

No duelo contra o Basquete Cearense, na última terça-feira (29/10), Elinho teve atuação fundamental no triunfo de seu time, ao contribuir com 12 pontos, sete assistências, três rebotes e três bolas roubadas (22 de eficiência).