#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

"Quero sercampeão"

17-05-2019 | 05:04
Por Liga Nacional de Basquete

David Jackson comemora primeira decisão de NBB CAIXA na carreira, mas pondera: "não se recebe nada por jogar uma final"

Discreto, comedido e mortal. Assim pode ser definido o ala norte-americano David Jackson, do Sesi Franca Basquete. Quem vê aquela figura calma e tranquila no dia-a-dia pode nem imaginar a máquina que ele vira quando entra em quadra.

Uma das grandes estrelas do Franca nesta temporada, o ala de 36 anos foi fundamental na campanha que levou a equipe até as Finais do NBB CAIXA 2018/2019 – médias de 15,0 pontos, 4,8 rebotes, 3,2 assistências e 18,3 de eficiência nos playoffs. 

Não à toa, Jackson é um dos três finalistas ao Troféu Wlamir Marques de MVP Bud da temporada regular, motivo de muito orgulho para o norte-americano.

+Budweiser oferecerá 3 troféus de MVP do NBB CAIXA

“Estou muito honrado em ser um dos finalistas do prêmio de MVP da temporada regular. Me mantenho em um padrão muito alto para ser consistente a cada temporada e isso só confirma o meu trabalho duro e dedicação. No entanto, não poderia ter sido selecionado sem a ajuda do meu time e da minha equipe de treinos”, disse DJ.

Quieto e bom de grupo, David Jackson deixa timidez de lado dentro de quadra e tem sido decisivo nos jogos (João Pires/LNB)

Em sua sexta temporada na elite do basquete brasileiro, David Jackson chegou à sua primeira decisão de NBB CAIXA na carreira. A animação existe, mas para ele, nada é suficiente sem título.

“Estou muito animado e satisfeito por chegar nas Finais, mas não me contento em só estar aqui. Não se recebe nada por jogar uma final. Quero ser campeão, é disso que isso tudo se trata. Essa equipe esteve em uma missão durante todo o ano e trabalhamos todos os dias para trazer outro campeonato para Franca”, afirmou o jogador.

+Os currículos dos finalistas: o histórico de Finais dos atletas e técnicos de Franca e Flamengo

David Jackson participará pela primeira vez das Finais do NBB CAIXA (Divulgação/FIBA)

+Histórico de títulos, recordes e mais: veja as Curiosidades das Finais do NBB CAIXA

Nesses playoffs, o ala norte-americano tem sido decisivo na campanha que levou o Franca até as Finais, especialmente com a sua principal arma: as bolas de 3 pontos.

Com um aproveitamento de 48% nas chutes para 3 pontos (média de 2,2 acertos em 4,5 chutes), Jackson se tornou o jogador mais letal nas bolas de longa distância nesses playoffs. Para ele, isso é fruto da forma coletiva que a equipe joga.

“Essa equipe tem uma personalidade diferente. Nossa premissa é sempre pensar no bem da equipe, e assim fica mais fácil fazer minha parte individualmente. Quando estou aberto, eles têm a confiança de que vou fazer uma boa jogada. Todo mundo sabe que sou trabalhador e dedico um tempo extra para trabalhar no meu jogo”, afirmou.

David Jackson tem sido mortal nas bolas de 3 pontos (João Pires/LNB)

+ Os 5 maiores cestinhas da história das Finais do NBB CAIXA

Agora, para ir em busca do tão sonhado título, DJ reencontrará a primeira equipe que defendeu em solo nacional: o Flamengo.

A bola sobe para o Jogo 1 entre Franca e Flamengo já nesse domingo (19/05), às 10h45, no Ginásio Maracanãzinho, com transmissão ao vivo e simultânea em quatro plataformas diferentes: os canais Band, Fox Sports e ESPN e o Facebook do NBB.

Para David Jackson fez sua análise sobre o primeiro duelo entre Franca e Flamengo.

“O Flamengo está no topo da liga na última década e tem um time muito forte novamente neste ano. Devemos estar muito concentrados nos detalhes, tanto ofensivos quanto defensivos. Eles têm uma equipe veterana e sabem o que é preciso para ganhar campeonatos”, finalizou.

+Datas, horários e transmissões: veja o calendário completo das Finais entre Franca e Flamengo

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da CAIXA, Budweiser, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.