#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Novo comandante

19-01-2015 | 11:39
Por Liga Nacional de Basquete

Uberlândia anuncia contratação do argentino Carlos Romano, ex-Minas, para assumir cargo de treinador para sequência do NBB

Estrangeiro por estrangeiro: argentino Romano substituirá espanhol Arturo no comando do Uberlândia (Orlando Bento/Minas TC)

Estrangeiro por estrangeiro: argentino Romano substituirá espanhol Arturo no comando do Uberlândia (Orlando Bento/Minas TC)

O Unitri/Pilhas Energizer definiu seu novo treinador para a sequência do NBB 7. Depois de o espanhol Arthuro Alvarez deixar o comando da equipe na última semana, a diretoria uberlandense anunciou, neste domingo, a contratação do argentino Carlos Romano para assumir o cargo.

Romano já está em Uberlândia e iniciou, na manhã desta segunda-feira, os trabalhos junto ao grupo de jogadores. O primeiro desafio da equipe sob o comando do novo treinador será na próxima quarta-feira (21/01), às 20 horas (de Brasília) em casa, diante do Mogi das Cruzes/Helbor.

Esta será a segunda experiência de Romano à frente de uma equipe que disputa do NBB. Na última edição da competição, o “hermano” comandou o Minas Tênis Clube e totalizou dez vitórias em 32 partidas disputadas. Além disso, o treinador também já teve uma passagem pelo Uberlândia. Em 2008, antes da criação do NBB, o treinador comandou o time do Triângulo Mineiro por pouco mais de seis meses.

Campeão mundial de clubes como jogador, com o Obras Sanitarias (ARG), em 1983, Romano iniciou sua carreira de técnico em seu país natal, em 1999, no comando do Peñarol de Mar del Plata. Entre 2003 e 2005, o novo comandante uberlandense dirigiu o Estudiantes de Olavarria e, depois, entres 2006 e 2007 retornou ao Peñarol.

Depois de deixar o comando da equipe platense, Romano veio para o Brasil e, além de uma rápida passagem pelo Uberlândia, também atuou frente ao extinto Ulbra/Rio Claro. A primeira empreitada do argentino no Brasil durou pouco e o treinado rapidamente voltou à Argentina para assumir o Quimsa de Santiago del Estero. Lá conquistou sua maior glória como treinador: o título da Liga Sul-Americana 2009/2010.

Após permanecer no Quimsa até 2012, Romano passou pelo La Unión Formosa, no primeiro semestre de 2013, e depois acertou com o Minas para a temporada 2013/2014. Agora, o argentino viverá uma nova experiência em solo brasileiro.