#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

O tamanhodo clássico

31-10-2018 | 11:38
Por Douglas Carraretto

Você sabia que, juntas, as torcidas de Flamengo e Corinthians seriam a 21ª maior população do mundo? Saiba o que envolve o Clássico das Multidões no futebol e no basquete

Flamengo e Corinthians possuem duas das maiores torcidas do mundo; agora, eles chegaram ao NBB CAIXA (Arte/LNB)

O clássico entre as duas maiores torcidas do Brasil chegou ao NBB CAIXA: Flamengo e Corinthians, também conhecido como Clássico das Multidões (ou Clássico do Povo).

Os dois gigantes do esporte mundial se enfrentarão pela primeira vez nas quadras do maior campeonato do basquete nacional no sábado (03/11), na Arena Carioca 1, às 14 horas, com transmissão ao vivo da Band.

Mas, antes deste inédito duelo pelo NBB CAIXA, separamos algumas curiosidades que mostram o tamanho do clássico e das torcidas que o envolvem. Confira:

66,7 milhões

Flamengo e Corinthians têm as duas maiores torcidas do Brasil e duas das maiores do mundo. Segundo estudo do Datafolha antes da Copa do Mundo de 2018, o clube da Gávea possui aproximadamente 37,5 milhões de torcedores, enquanto que o Timão tem 29,2 milhões.

Juntos, os dois somam aproximadamente 66,7 milhões de fãs. É muita gente. Já pensou se uníssemos as duas massas e transformássemos em um povo só? Como seria? Aí vão alguns números:

– Seria a 21ª maior população do mundo – maior que países como Tailândia (66,2 milhões), Reino Unido (66,02 milhões), Itália (60,5 milhões), África do Sul (56,7 milhões), Coreia do Sul (50,8 milhões), Espanha (45,9 milhões), Argentina (44,9 milhões) e Canadá (37,2 milhões).

– Seria a 4ª maior população de toda a América – atrás apenas de Estados Unidos (329,9 milhões), Brasil (208,8 milhões) e México (132,9 milhões).

– Seria a 2ª maior população da América do Sul – atrás apenas do Brasil (208,9 milhões) e maior que Argentina (44,9 milhões).

– Seria mais populoso que o Nordeste inteiro do Brasil – a Região tem 56,7 milhões de habitantes.

– Seria maior do que as duas cidades mais populosas do mundo juntas: Tóquio, no Japão (38,1 milhões) + Deli, na Índia (26,5 milhões) = 64,6 milhões de pessoas.

Deu para ter uma noção do tamanho das torcidas?

Sobre as maiores torcidas do mundo, a FIFA divulgou, há três anos, um levantamento que apontava o Flamengo como dono da maior massa de fãs do mundo, seguido pelos mexicanos Chivas e América, que tinham o Corinthians na cola, na quarta colocação do ranking.

Os dados acima foram tirados dos portais do IBGE, Datafolha, CountryMeters.info e PopulationPyramid.net

Títulos

Flamengo e Corinthians também são GIGANTES quando o assunto é título. No futebol, os dois estão entre os maiores campeões brasileiros da história e concentram nada menos que 12 títulos:

O Timão tem sete troféus de Brasileiros (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017) e é o terceiro maior campeão do país.

+Jogadores de futebol de Flamengo e Corinthians fazem aposta solidária para clássico do NBB CAIXA

Já o Fla possui cinco títulos Brasileiros (1980, 1982 e 1983, 1992 e 2009) e ocupa o quinto lugar do ranking dos nacionais. O primeiro do ranking do Brasil é o Palmeiras, com nove.

No basquete, os dois clubes também estão entre os maiores campeões da história.

Com cinco títulos do NBB CAIXA e mais um Nacional em 2008, Flamengo é o terceiro maior campeão da história do basquete brasileiro (Fotojump/LNB)

Terceiro maior do Brasil em títulos nacionais, o Flamengo tem seis troféus, todos eles conquistados na última década: um Nacional da CBB em 2008, e outros cinco do NBB CAIXA – 2008/2009, 2012/2013, 2013/2014, 2014/2015 e 2015/2016.

+3 fatores que podem fazer a diferença no clássico Flamengo x Corinthians

Enquanto isso, o Corinthians concentra seus quatro títulos brasileiros no esporte da bola laranja nas décadas de 60 e 90: os anos foram 1965, 1966, 1969 e 1996. Com isso, o clube é o quinto maior campeão nacional do Brasil – os dois primeiros são Franca e Sírio, com 11 e sete, respectivamente.

Corinthians tem quatro títulos nacionais, o último deles em 1996, com Oscar Schmidt (Gazeta Press)

O clássico

Ambos são clubes centenários – Flamengo tem 122 anos e o Corinthians tem 108 anos. Nos gramados, os dois já protagonizaram inúmeras batalhas memoráveis ao longo dos anos.

Em campeonatos nacionais, foram 87 duelos, considerando o período entre 1947 e 2018. E quem leva a melhor no placar geral é o Corinthians, com 26 vitórias, contra 25 do rubro-negro carioca, além de 16 empates – segundo o site Futpedia.

no basquete, o clássico entre Corinthians e Flamengo também já aconteceu inúmeras vezes e estava adormecido, não acontece há mais de 21 anos.

O último confronto entre eles foi no dia 30 de março de 1997, pelo Jogo 3 das quartas de final do Campeonato Brasileiro – 107 a 101 para o Timão, de Oscar Schmidt. O resultado classificou o clube alvinegro para as semifinais da competição.

Jornais noticiaram o desfecho da série entre Corinthians e Flamengo em 1997 (Acervo Folha de SP)

Em 1997…

O ano de 1997 marcou o último duelo entre Flamengo e Corinthians por um campeonato brasileiro adulto de basquete masculino – último nacional do Timão antes da retirada da modalidade.

Naquela época, o Corinthians tinha como destaque, junto de Oscar Schmidt, o pivô Gerson Victalino, campeão do Pan-Americano de 1987 em Indianápolis com a Seleção Brasileira, e o técnico Zé Boquinha, hoje comentarista dos canais ESPN.

Oscar Schmidt era o grande nome do Corinthians em 1997, último ano do clube na elite do basquete nacional até então (Arquivo)

Já o Flamengo tinha como destaques os pivôs Gema e Olívia, este último irmão mais velho do ala/pivô Olivinha, ídolo da história recente do clube e maior reboteiro da história do NBB CAIXA. O técnico era Miguel Ângelo da Luz, campeão mundial de 1994 com a Seleção Feminina.

Ainda sobre a edição 1997 do brasileiro, o Corinthians terminou a fase de classificação em segundo, enquanto o Flamengo foi o sétimo.

Depois de eliminar os cariocas nas quartas, o Timão mediu forças com o “xará” Corinthians/Pony (RS), do lendário Ary Vidal, nas semifinais e acabou derrotado na série melhor de cinco, por 3 a 1. O campeão daquele ano foi o Franca.

Agora, 21 anos e meio depois, Flamengo e Corinthians frente a frente novamente por um campeonato brasileiro de elite, desta vez pelo NBB CAIXA. Como será gostoso ver essa linda história sendo escrita novamente…

Ídolos dos dois times

Ao longo da história do esporte, diversos atletas vestiram as camisas de Flamengo e Corinthians e marcaram época em ambos os times.

No futebol, os principais são:

– Marcelinho Carioca
– Adriano Imperador
– Fábio Luciano
– Renato Augusto
– Vampeta
– Edilson Capetinha

Outros atletas com passagens pelos dois clubes foram: Casagrande, Sócrates, Garrincha, Edmundo, Gamarra, Roger Flores, Vagner Love, Emerson Sheik, Paolo Guerrero, Elias e tantos outros.

No basquete, por outro lado, a lista é mais curta e difícil de apurar, mas possui nomes de peso:

– Oscar Schmidt
– Marquinhos Abdalla
– Cláudio Mortari (técnico)

O “Mão Santa” foi ídolo tanto no Corinthians quanto no Flamengo e inclusive encerrou sua carreira no clube da Gávea (Arquivo/CBB)

Lei do ex?

No cenário atual do basquete brasileiro, quatro atletas do elenco do Corinthians já vestiram as cores do Flamengo em suas carreiras:

– Ricardo Fischer (2016/2017)
– Shilton (2012/2013 e 2013/2014) – bicampeão do NBB CAIXA e campeão da Liga das Américas
– Humberto (2016/2017)
– Teichmann (2009/2010, 2010/2011 e 2011/2012) – vice-campeão do NBB CAIXA

+Clássico dos reencontros: atletas comentam duelo contra ex-clube em Flamengo x Corinthians

Um dos destaques do Corinthians, Fischer tem o Flamengo como seu último clube no NBB CAIXA (João Neto/LNB)

Outra história que poucos sabem é que o técnico Gustavo De Conti, do Flamengo, deu seus primeiros passos no basquete como jogador das categorias de base do Corinthians. De quebra, ele ganhou dois de seus três troféus de melhor atleta dos Paulistas de base por lá:

1992 – Melhor Atleta do Campeonato Paulista Sub-13 (Corinthians)
1994 – Melhor Atleta do Campeonato Paulista Sub-14 (Corinthians)
1996 – Melhor Atleta do Campeonato Paulista Sub-16 (Monte Líbano)

Pois é, amigos e amigas. Deu para ver que história não falta quando o assunto é Flamengo x Corinthians.

Agora, chegou a hora de escrever um novo capítulo do Clássico das Multidões, desta vez no NBB CAIXA. Fique ligado: o duelo será sábado (03/11), às 14 horas, ao vivo na Band.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

Fala aí!

Gustavo De Conti (técnico do Flamengo): “É um jogo muito importante para nós porque traz um pouco da rivalidade que tem no futebol entre os dois clubes, mas tentaremos deixar isso de lado. Vamos encarar o Corinthians como uma equipe, que apesar de ser seu primeiro NBB, investiu bastante e levou jogadores de peso, experientes, de seleção brasileira, jogadores que já jogaram na Europa e que já ganharam títulos aqui e fora do país. É uma equipe muito qualificada e vai fazer com que a gente tenha uma atenção redobrada, mas se possível vamos buscar mais uma vitória no NBB”.

Olivinha (Flamengo): “Esse clássico entre Flamengo e Corinthians é super importante para o campeonato, porque chama a atenção para o público que está acostumado a ver no campo a disputa. Dessa vez passa para as quadras e estamos todos ansiosos. É o tipo de jogo que os jogadores gostam, por se tratar de um clássico e um jogo de grande apelo, que provavelmente o torcedor irá comparecer mais do que o normal. Nós estamos muito motivados para esse primeiro clássico entre essas equipes no NBB”.

Bruno Savignani (técnico do Corinthians): “É um jogo muito importante para o basquete brasileiro como um todo. São os dois maiores clubes de camisa do Brasil, com milhares de torcedores, camisas de muito peso, e para o NBB será um marco esse encontro. Estamos bem focados, sabendo da dificuldade que será enfrentar o Flamengo no Rio de Janeiro. Mas, como planejamos desde o início, vamos em busca do resultado positivo. Independente do investimento que fez o Flamengo, vamos para brigar pela vitória, pois sabemos que representamos mais de 30 milhões de torcedores. Queremos fazer um grande jogo e honrar esse clássico que só faz bem para o basquete brasileiro”.

Ricardo Fischer (Corinthians): “Corinthians x Flamengo já fala por si só, pela grandeza do clássico. É a primeira vez em 21 anos que vai acontecer no basquete. São dois times reformulados para essa temporada, mas acredito que estamos em uma crescente muito boa. Jogos como esse são decididos nos detalhes, jogada por jogada, defesa por defesa. Acredito que haverá uma tensão no início por ser um clássico, mas sem dúvidas será um belo jogo, pois envolve duas torcidas gigantes a nível nacional e mundial”.

Informações gerais

Flamengo x Corinthians
Local: Arena Carioca 1 – Parque Olímpico da Barra
Horário: 14h
Ingressos: www.guicheweb.com.br/flamengo

13h – Programete pré-jogo no Facebook do NBB (/NBB) – com Ricardo Bulgarelli e Bruno Laurence

13h30 – Pré-jogo da transmissão da Band – com Ivan Bruno e Danilo Castro

14h – Flamengo x Corinthians – ao vivo na Band