#JOGAJUNTO

NBB

Dia docerrado

11-09-2020 | 11:13
Por Liga Nacional de Basquete

No Dia Nacional do Cerrado, LNB aprova o Cerrado Basquete no NBB 2020/2021, e equipe chega à elite da modalidade: “sempre sonhou alto”

Parece até coisa do destino. Nesse 11 de setembro, data marcada pelo Dia Nacional do Cerrado, o Cerrado Basquete, equipe inspirada no bioma que faz parte do Distrito Federal, foi aprovada pelo Conselho de Administração da Liga Nacional de Basquete e disputará o NBB 2020/2021.

+ 16 times disputarão a temporada 2020/2021 do NBB

“O Cerrado Basquete surgiu com o propósito de devolver ao mundo tudo aquilo que seus fundadores receberam do basquete em suas histórias: respeito, ética, espírito de colaboração e ajuda ao próximo. Sempre sonhou alto e decidiu construir passo a passo uma história dentro dessas premissas”, disse o emocionado presidente do Cerrado Basquete, Dimitri Rodrigues.

View this post on Instagram

Tudo tem o tempo certo para acontecer! Tempo de semear, colher e florescer! Hoje é Tempo de Cerrado! Não poderia ter uma data mais significativa do que a de hoje, dia Nacional do Cerrado, para termos nossa vaga aprovada pelo @nbb .Muitos acompanharam e participaram da nossa luta, todos que torcem por nós e todos aqueles que passarão a conhecer melhor o Cerrado a partir de agora. Muito há para se fazer e será feito como sempre, com muita seriedade, transparência e determinação. Foi mais um degrau alcançado, e isso aumenta a nossa responsabilidade de representar bem a nossa cidade e as nossas raízes. Obrigado BRB @brb_bancodebrasilia Green Ambiental @greennambiental Iesplan @iesplan.faculdade Secretaria de Esporte @esporte.df e @juliocesarribeiro Estamos juntos !!!! Obrigado a todos que fazem parte da família Cerrado! #somostodoscerrado #cerradobasquete #cerradobasquete

A post shared by Cerrado Basquete (@cerradobasquete) on

 

Mas de onde surgiu o Cerrado? Fundado em 2016, o time começou com um terceiro lugar na BRABA de 2017, liga estadual chancelada pela Federação do DF. Essa colocação os deu vaga na Copa Brasil Centro-Oeste 2017, este o primeiro título da equipe.

Esse mesmo título rendeu ao Cerrado uma vaga na Supercopa Brasil, torneio que, na época, dava vaga na Liga Ouro, competição de acesso ao NBB. A equipe ficou com o terceiro lugar, mas no ano seguinte, chegou à Liga Ouro e viu seu sonho de chegar à elite mais próximo.

“Tivemos o privilégio de disputar duas edições da Liga Ouro, o que foi primordial para o nosso desenvolvimento e aperfeiçoamento. Essa trajetória nos trouxe a experiência necessária para nos planejar e trabalhar para esse grande salto de figurar na elite do basquete brasileiro que é o NBB”, declarou o presidente do Cerrado.

Carioca, MVP da Liga Ouro 2019, e Dimitri Rodrigues, presidente do Cerrado Basquete (Divulgação/Cerrado)

Na edição 2019 da Liga Ouro, a última antes da extinção da competição, o Cerrado chegou até os playoffs, mas acabou eliminado nas quartas de final pela Unifacisa, grande campeã. No entanto, o time teve o MVP do campeonato, o armador Patrick Carioca.

A equipe será comandada pelo técnico Bruno Lopes, que treinou o Londrina na última Liga Ouro, com campanha de líder da fase de classificação (10 vitórias em 14 jogos) e terceira colocação geral – eliminado pela Unifacisa na semifinal (3 a 1). O coordenador técnico é Ronaldo Pacheco, experiente treinador que dirigiu o Cerrado na última Liga Ouro e que também atuou por muito tempo como auxiliar e técnico do elenco da LDB do Brasília.

Agora, a cidade de Brasília representada por duas  equipes pela primeira vez na história do NBB. A euforia pelo momento certamente será comemorada. Porém, ao mesmo tempo, todo um planejamento de trabalho será desenvolvido para a primeira temporada do Cerrado na elite.

“As expectativas são as melhores possíveis. Estamos realizando um sonho de chegar à competição da elite do basquete brasileiro, mas também entendemos a responsabilidade que isso nos traz. Com toda certeza iremos trabalhar muito e já colocamos uma meta de buscarmos neste primeiro ano uma vaga nos playoffs do NBB”, falou o presidente do time, que continuou.

“Começamos em junho deste ano um trabalho de planejamento para todas as ações que iremos executar ao longo desta próxima temporada. Hoje é um dia de comemoração, amanhã e domingo também, mas a partir de segunda-feira já estaremos focados na conclusão da montagem da equipe. Não nos faltará dedicação, trabalho e competência”.

O Cerrado aposta em atletas da cidade, como Luis Mendonça, irmão de Pedro Mendonça, do Brasília (Divulgação/Cerrado Basquete)

O presidente do Cerrado Basquete aproveitou para agradecer e mostrar o espírito do time para sua primeira temporada no NBB.

“Agradecemos a cada um que que ajudou a construir esse caminho até aqui, torcedores, atletas, alunos dos Núcleos Sociais, Pais e a Brasília, a nossa cidade. Só podemos afirmar uma coisa, estamos prontos”, finalizou Dimitri Rodrigues.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos, EY, VivaGol, IMG Arena e Genius Sports.

Leia também: 

Tradição de volta: Caxias do Sul volta ao NBB

+A volta por cima: Campo Mourão retorna ao NBB com planejamento forte

+ O alicerce da LNB: 6 clubes do NBB chegam à 13ª temporada seguida

+ Penalty e LNB renovam parceria por 5 anos