Oscar Schimdt entrega o troféu de cestinha do NBB6 para Shamell, do Pinheiros (Luiz Pires/LNB)

Durante a Final, norte-americano Shamell recebeu o troféu das mãos do próprio Oscar Schimdt (Luiz Pires/LNB)

Para a temporada 2013/2014, a Liga Nacional de Basquete resolveu homenagear um dos maiores jogadores da história do basquete brasileiro, Oscar Schmidt, e nomeou o prêmio de cestinha do campeonato para Troféu Oscar Schmidt.

Cestinha da sexta edição do NBB, com média de 20,7 pontos, o ala norte-americano Shamell, do Pinheiros/SKY, foi o primeiro jogador a faturar o “novo” prêmio, neste sábado, no intervalo entre o primeiro e o segundo quarto da Final entre Flamengo e Paulistano/Unimed, teve a honra de receber o troféu das mãos do próprio “Mão Santa”.

Durante a entrega do troféu, o Oscar foi ovacionado por todos 15.449 os presentes na HSBC Arena. Ídolo não só por jogador na Seleção Brasileira, o Mão Santa jogou quatro anos com a camisa do Flamengo e encerrou sua gloriosa carreira pelo próprio time carioca, onde conquistou dois títulos estaduais.

Confira todos os vencedores dos prêmios de melhores do NBB6:

-Quinteto ideal:
Armador: Nicolas Laprovittola (Flamengo)
Alas: David Jackson (Winner/Kabum/Limeira) e Marquinhos (Flamengo)
Pivôs: Jefferson William (São José/Unimed) e Paulão Prestes (Vivo/Franca)

-MVP – Melhor jogador do campeonato: David Jackson (Winner/Kabum/Limeira)

-Melhor estrangeiro: David Jackson – (Winner/Kabum/Limeira)

-Melhor técnico – Troféu “Ary Vidal”: Gustavo De Conti (Paulistano/Unimed)

-Jogador que mais evoluiu: Paulão Prestes (Vivo/Franca)

-Melhor sexto homem: Hélio (Winner/Kabum/Limeira)

-Melhor defensor: Alex Garcia (UniCEUB/BRB/Brasília)

-Destaque jovem: Henrique Coelho (Minas Tênis Clube)

-Cestinha da temporada – Troféu “Oscar Schmidt”: Shamell (Pinheiros/SKY) – média de 20,77 por jogo

-Reboteiro da temporada: Jefferson William (Unimed/São José) – média de 9,8 por jogo

-Líder em assistências da temporada: Valtinho (Unitri/Magazine Luiza) – média de 7,4 por jogo

-Melhor árbitro: Cristiano Maranho

-Árbitro revelação – Troféu “Márcio Ruziska”: Leandro Sehnem

-Melhor trio de arbitragem
Sergio Pacheco, Marcos Benito, Guilheme Locatelli