#JOGAJUNTO

NBB

a voltaaos holofotes

09-10-2020 | 08:09
Por Liga Nacional de Basquete

Tradicional no basquete brasileiro, Bauru se baseia gestão séria e responsável para crescer em meio às dificuldades e voltar a ser uma potência no NBB

Há pouco mais de cinco anos, era comum ver o nome do Bauru Basket entre os principais clubes do basquete brasileiro. Finais de campeonato, momentos inesquecíveis e, é claro, títulos. Foram anos dourados que jamais serão esquecidos na Cidade Sem Limites.

Agora, depois duas temporadas longe do que foi almejado por diretores e torcedores (8º e 12º, respectivamente), o Bauru encontrou o caminho para voltar a figurar nos principais holofotes do país.

A força da marca

Com dois patrocinadores máster (Zopone e Gocil) e vários outros parceiros, o Zopone/Gocil Bauru Basket montou um elenco que, pelo menos no papel, está entre os cinco mais fortes do NBB. Os tempos de glória parecem estar voltando… Mas como isso foi possível?

“Com todas as contingências da pandemia, a diretoria não deixou de trabalhar e planejar, dentro das possibilidades, a sequência dos acontecimentos em nenhum dia. O resultado da montagem do faz parte desde contexto. Um contexto austero e que leva em consideração o momento, sempre com vista uma gestão efetiva e das possiblidades financeiras”, disse o presidente do Bauru Basket, André Goda.

Vale lembrar que o Bauru foi o primeiro time a declarar que não disputaria uma possível sequência do NBB 2019/2020 após a paralisação do Covid-19, que aconteceu no dia 15 de março. Tudo isso para focar no planejamento na temporada que estaria por vir.

O resultado não poderia ter sido melhor. Com seriedade, pé no chão e ao mesmo tempo ambição, o Bauru confirmou nada menos que 18 parceiros para a temporada 2020/2021. São eles a Zopone Engenharia e a Gocil Segurança e Serviços (másters), Z Incorporações, Unimed Bauru, Mezzani, Ecovita, Bild Desenvolvimento Imobiliário, Pagou Fácil by Paschoalotto, Grupo Facimus, Microcity, 3CORP, CelularWeb, Fascouros, SPSP, Pontepedras, Conectcor, Haribo e Broto Legal.

View this post on Instagram

Pra matar a saudade! 💚 #DunkflixDriveSession

A post shared by Bauru Basket (@baurubasket) on

“As marcas que se associam ao Bauru Basket também têm em sua essência essa característica de seriedade e imagem de trabalho sério e competente. Então, é uma somatória de fatores que resultam na possibilidade de tornar o projeto atrativo para as marcas locais”, comentou André Goda, que completou:

“Como consequência desse trabalho, foi preservada a imagem do projeto como um todo. Um projeto sério, compenetrado e baseado em uma gestão firme e com adequação da realidade. Essa transparência e austeridade transmite uma confiança para a marca Bauru Basket, e a vinda desses patrocinadores nesta temporada é fruto disso”, concluiu o presidente do Bauru Basket.

Tradição não falta

Bauru viveu época áurea entre os anos de 2014 e 2017, com direito a dois títulos internacionais, como a Liga das Américas (Gaspar Nobrega/FIBA Américas)

Entre os anos de 2014 e 2017, o time bauruense tomou conta dos holofotes do NBB com os títulos da Liga Sul-Americana 2014, Liga das Américas 2015 e o vice-campeonato da Copa Intercontinental contra o Real Madrid (ESP).

Sem esquecer da tour pela pré-temporada da NBA nos Estados Unidos, com amistosos contra New York Knicks e Washington Wizards, pode se dizer que a mais sonhada glória do Bauru veio com o inédito título do NBB 2016/2017.

No entanto, após o troféu do NBB, a equipe bauruense não repetiu as boas campanhas nas duas temporadas seguintes e colocaram um sinal de alerta na gestão do clube, que sob o comando do presidente André Goda e o diretor Vanderlei Mazzuchini, campeão brasileiro em 2002 por Bauru, encontraram formas de dar a volta por cima.

“Estreia” em grande estilo

O início da temporada do Zopone/Gocil Bauru foi em grande estilo. Um grande evento foi realizado para apresentar o time: o Dunkflix Drive Session, que contou com presença da torcida no formato “drive in” (cada um no seu carro) e show de música sertaneja com a dupla Lucas Akira e Fábio.

Antes do evento, o Bauru fez incrível uma campanha para arrecadação de alimentos. Ao todo, foram doadas 3 toneladas de alimentos, tanto por torcedores quanto por empresas parceiras. Já nesta semana, o time realizou a entrega desses alimentos para 19 instituições filantrópicas atendidas pela ABDA (Associação Bauruense de Desportos Aquáticos).

“Muito feliz em ver nosso projeto contribuindo, mais uma vez, com a nossa cidade. Temos que agradecer muito, todos os torcedores e as empresas que participaram e doaram, não conseguiríamos sem a ajuda de todos. Isso mostra que estamos no caminho certo e é nosso dever, cada vez mais, retornar todo carinho para a sociedade”, declarou o presidente do time, André Goda.

Novo comandante, novo time

Eleito Técnico do Ano do NBB 2018/2019, Léo Figueiró deixou o Botafogo rumo à Cidade Sem Limites. O treinador esteve à frente da Estrela Solitária durante duas temporadas e teve como principais feitos a classificação para as semifinais do NBB e o título da Liga Sul-Americana 2019.

“A adaptação está sendo a melhor possível. Fui muito bem recebido aqui. A estrutura é muito bacana, tem um trabalho bem alinhado com o que acontece na quadra. Tenho uma retaguarda muito boa, por isso, consigo focar no trabalho dentro de quadra. Estou muito feliz e agradecido pela confiança que o Vanderlei depositou no meu trabalho e espero realmente corresponder”, declarou Figueiró.

Para a temporada 2020/2021, o Bauru renovou com o armador Larry Taylor e os ala/pivôs Gabriel Jaú e Emanuel. As novidades no elenco são os armadores Alexey Borges e Alexei Patrício, os alas Alex Garcia e Gui Deodato, o ala/pivô Tyrone e os pivôs Dikembe e João Pedro Demétrio.

“Estamos montando uma equipe muito competitiva e queremos estar nas primeiras posições de todas as competições. Não tem como pensarmos diferente. Com o plantel que temos à disposição, sabemos que temos que trabalhar cada dia mais forte para estar sempre brigando pela ponta da tabela”, afirmou o técnico do Dragão.

O Brabo voltou

Depois de uma temporada no Minas Tênis Clube, Alex Garcia está de volta ao Bauru. Nono jogador mais eficiente do NBB 2019/2020, ele teve médias de 16,3 pontos, 5,3 rebotes e 4,5 assistências em Belo Horizonte e conquistou o prêmio de Defensor do Ano pela nona vez em sua carreira

“É muito bom voltar para Bauru, que é uma cidade que eu tenho um carinho enorme. Conquistei vários títulos, mas tenho fome de mais troféus ainda. É um prazer enorme vestir essa camisa e me sinto em casa”, afirmou o ídolo de Bauru.

Parceiros de longa data, Alex e Gui Deodato retornam a Bauru para buscar o bicampeonato do NBB (Fotojump/LNB)

Para matar essa fome de mais troféus de Alex, o Bauru montou uma equipe com ótimo equilíbrio de veteranos e jovens. Uma das peças essenciais nesse elenco é Gui Deodato, que conquistou o NBB 2016/2017 com Alex e jogou ao seu lado na temporada passado, no Minas.

+ Relembre como foi o título do Bauru no NBB 2017/2017

“Temos um time com boa mescla entre a juventude e a experiência. A nossa cara na temporada vai ser de uma equipe aguerrida na defesa e com contra-ataque rápido. Já estamos trabalhando forte para alcançarmos os nossos objetivos na temporada, que são buscar os títulos que vamos disputar”, disse Alex.

Chegou para crescer

Não são só os torcedores de Bauru que estão animados com todas as estrelas que foram contratadas para a temporada 2020/2021. Dikembe, um dos principais reforços do Dragão, está realizando um sonho de jogar ao lado de grandes referências do basquete nacional.

+ Em entrevista ao Podcast Território NBB, Dikembe relembrou época difícil na adolescência 

“Vai ser uma honra para mim jogar ao lado do Alex, Gui Deodato e Tyrone. Quando nem sonhava em jogar o NBB eu já via esses caras brilhando. Poder dividir quadra com eles é a melhor experiência da minha carreira. Estou absorvendo o máximo deles. Estão me ajudando muito”, contou o pivô.

Com 41 dunks, Dikembe foi o líder em enterradas do NBB 2019/2020 (Willian Oliveira/FotoAtleta)

Vencedor do prêmio de Destaque Jovem da última temporada, Dikembe teve médias de 10,3 pontos e 7,8 rebotes no Paulistano/Corpore. Agora ele chega em Bauru para assumir uma posição de destaque no garrafão da Panela de Pressão.

“Chegar no projeto com esse grande papel é muito importante para mim. Esse era o passo que eu queria dar na minha carreira. O Bauru apostou em mim e eu vou deixar tudo o que eu tenho em quadra, trabalhar o mais forte possível. Aprendi bastante coisa na minha carreira nos anos de Paulistano. Agora eu vou colocar tudo em prática em Bauru”, afirmou Dikembe.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos, EY, VivaGol, IMG Arena e Genius Sports.

Leia também:

+ Tabela de jogos do 1º turno do NBB 2020/2021 está definida

+ Minas Tênis Clube: uma potência olímpica pronta para decolar no basquete

+ Sesi Franca: como uma boa gestão pode mover uma tradição de mais de 60 anos

+ Flamengo: um projeto estruturado para conquistar títulos